Mães denunciam abusos sexuais contra crianças em creche de SC

Crianças com idades entre 1 ano e 9 meses a 7 anos relataram aos pais que sofreram abuso do dono de uma creche particular

O proprietário de um centro de recreação infantil em Itapema, no Litoral Norte de Santa Catarina, está foragido suspeito de ter abusado de crianças que frequentavam o local.

As denúncias vieram das mães, que ouviram dos filhos que o “tio” estava tocando nelas de forma inapropriada.

Pais e responsáveis protestaram em frente a escolinha na noite desta segunda-feira (17) – Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoPais e responsáveis protestaram em frente a escolinha na noite desta segunda-feira (17) – Foto: Polícia Civil/Divulgação

“A minha filha chegou a me relatar que ele beijava ela na boca”. O relato é da mãe de uma criança de 4 anos, abusada pelo dono da creche. Segundo ela, o homem baixou as calças e tocou nas partes íntimas da criança. 

A criança frequentava o centro de recreação há pouco tempo. “Eu tive que ter o sangue frio de pegar o celular e gravar”, conta a mãe, depois que a filha começou a relatar os casos de abuso.

No vídeo gravado pela mãe, a criança chama o suspeito de “tio”. Ela ainda pede que a mãe não conte nada a ele. “Nunca, nunca?”, pergunta a criança. “Nunca, nunca. Promessa ‘de dedinho'”, responde a mãe.

O que a criança conta choca, tanto a mãe quanto outras pessoas. Ela narra com detalhes o que passou na creche, onde era tocada, e que os atos faziam ela sentir dor.

A mãe acionou o Conselho Tutelar depois de ouvir o relato da filha. A criança passou por um exame de corpo de delito.

Outros pais, depois do primeiro relato, também ouviram relatos dos filhos. Outras denúncias chegaram ao Conselho Tutelar e à Polícia Civil, que investiga o caso.

Recreação infantil

O local funcionava há cerca de dois anos. Os pais nunca notaram nada de estranho. Mas, desde a última semana, dez famílias já denunciaram o proprietário do centro de recreação.

Em frente ao local, pais se reuniram no sábado (15), e na segunda-feira (17), pedindo por justiça.

Um mandado de prisão foi expedido contra o homem, que mora com os pais, em Itapema. No entanto, quando a polícia chegou para cumprir a prisão, ele conseguiu fugir e segue foragido.

+

BG Itajaí

Loading...