Falsa psicóloga do Detran é presa na Grande Florianópolis

Mulher chegou a avaliar seis candidatos em exame para receber a Carteira Nacional de Habilitação e foi flagrada após denúncias de fraude nas avaliações psicológicas

Uma falsa psicóloga do Detran foi presa em flagrante nesta quinta-feira (14) por suspeita de fraude nas avaliações psicológicas para emissão da primeira CNH (Carteira Nacional de Habilitação), em Palhoça, na Grande Florianópolis.

Viatura da Polícia CivilSeis candidatos teriam sido entrevistados funcionária – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

De acordo com a Polícia Civil, a mulher se passava por psicóloga credenciada do Detran (Departamento Estadual de Trânsito do Estado de Santa Catarina).

Após investigações preliminares, a  Polícia Civil constatou que seis candidatos foram entrevistados e avaliados pela funcionária, que assinou documentos Renach (Registro Nacional de Carteira de Habilitação) dos alunos no local em que constava o nome da psicóloga credenciada pelo Detran.

A estelionatária foi autuada pelo artigo 297 do Código Penal por falsificar documento público ou alterar documento público verdadeiro.

A Polícia Civil explica que candidatos à primeira habilitação precisam realizar uma série de procedimentos para garantir o direito de dirigir, incluindo a avaliação psicológica, que é dividida entre o momento da entrevista e da aplicação de testes psicológicos

Investigações

Após receber as informações de que estariam ocorrendo fraudes no processo de avaliação, a Ciretran de Palhoça monitorou a movimentação do local em busca de flagrantes.

Polícia CivilFalsa psicóloga foi presa em flagrante  – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

Nesta quinta (14), foi verificado que, mesmo na ausência da psicóloga verdadeira, os candidatos saíam da clínica e se dirigiam para realizar o exame médico, localizado no mesmo imóvel.

“Foi situação flagrancial. O candidato não pode fazer o exame médico sem fazer primeiro a avaliação psicológica”, explica a delegada regional de Palhoça, Michele Correa.

Correa pontua a importância da sociedade nas denúncias de irregularidades. A diretoria do Detran, por meio da Corregedoria, instaurou um processo administrativo para apurar a suspeita de irregularidade.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Polícia