Festa com 200 pessoas termina em confusão com spray de pimenta em Luzerna

No local havia cerca de 200 pessoas; responsável pela festa foi autuado e o som apreendido pela PM

A PM (Polícia Militar) recebeu denúncia noite de sábado (5) de que no interior da cidade de Luzerna, no Meio-Oeste catarinense, havia uma festa clandestina. Com apoio de policiais das cidades vizinhas, o local foi cercado e constatado a aglomeração de aproximadamente 200 pessoas.

Polícia Militar acaba com festa clandestina no interior de Luzerna, no Meio-Oeste catarinense – Foto: Reprodução/NDPolícia Militar acaba com festa clandestina no interior de Luzerna, no Meio-Oeste catarinense – Foto: Reprodução/ND

Segundo relato dos moradores, neste local seguidamente acontecem festas com grande número de pessoas. Quando os policiais chegaram ao local, as pessoas tentaram fugir. Elas foram contidas pela polícia e houve a contagem do número de participantes da festa.

Conforme a PM, algumas pessoas estavam sob efeito de álcool. Em certo momento da abordagem, os policiais precisaram fazer o uso de spray de pimenta para conter a atitude de um homem.

Após as pessoas se acalmarem, a PM identificou um dos responsáveis pelo evento, o qual relatou que decidiu dar uma festa surpresa a um amigo. Ele disse aos policiais que esperava a presença de 100 pessoas.

O organizador foi enquadrado por infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, destacando que no local não havia condições sanitárias mínimas exigidas para realização do evento.

Os policiais notaram que a maioria dos participantes usava uma pulseira de identificação como passaporte. Alguns relataram ter pago R$ 15 para participar da festa e outros o valor de R$ 25.

O som, no valor de R$ 7 mil, foi apreendido e o responsável da festa, autuado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia