Feto em decomposição: polícia procura suspeita de aborto em Chapecó

Inquérito Policial foi instaurado para investigar a prática de aborto e ocultação de cadáver

A PC (Polícia Civil)  ainda não tem suspeitas sobre a autoria do abandono do feto humano encontrado em uma sacola de plástico aos fundos de uma empresa em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

Feto em decomposição: polícia procura suspeita de aborto em Chapecó — Foto: Pixabay/Reprodução/NDFeto em decomposição: polícia procura suspeita de aborto em Chapecó — Foto: Pixabay/Reprodução/ND

O feto foi localizado em decomposição, nesta segunda-feira (26), pela PM (Polícia Militar), na linha Tomazelli, próximo a uma agroindústria. O gerente da empresa contou aos policiais que os funcionários da manutenção acharam a sacola em um barranco. 

Inquérito instaurado

Segundo o delegado da Polícia Civil, Danilo Fernandes, responsável pela 3ª Delegacia de Polícia de Chapecó, um inquérito policial foi instaurado para investigar possíveis condutas de prática de aborto e ocultação de cadáver.

O crime de aborto está no art. 124 do Código Penal com pena de detenção de 2 a 6 anos. Já o crime de ocultação de cadáver está no art. 211 e tem pena de reclusão de 1 a 3 anos e multa.

“No momento as investigações estão em andamento. Faz parte do planejamento verificar imagens do local e das proximidades, bem como demais elementos de provas”, informou o delegado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...