Foragido com mais de 50 denúncias é preso em SC ao usar documento de falecido

Suspeito foi identificado ao tentar fazer check-in em hotel; ele era procurado por retirar tornozeleira eletrônica e outros crimes

A GMF (Guarda Municipal de Florianópolis) identificou e prendeu nesta sexta-feira (14) um homem de 43 anos. Foragido, ele tinha contra ele mais de 50 denúncias por diversos crimes. O suspeito foi identificado ao tentar fazer check-in em um hotel na Rua Conselheiro Mafra, Centro de Florianópolis, utilizando documentos de uma pessoa que já morreu.

Foragido com mais de 50 denúncias é preso em Florianópolis ao usar documento de mortoHomem foi identificado ao tentar fazer check-in com documentos falsos – Foto: GMF/Divulgação/ND

A ação foi comandada pela ROMU (Agentes da Ronda Ostensiva Municipal), núcleo da GMF, em conjunto com a Polícia Civil. Os agentes foram acionados por meio do projeto Guardião, iniciativa que possibilita o contato direto entre comerciantes e a Guarda Municipal.

Conforme a GMF, o suspeito é natural de Lages. Ele admitiu aos policiais que os documentos pertenciam a uma outra pessoa, já falecida. O homem tem passagens por quebra de regras do monitoramento ao retirar sua tornozeleira eletrônica.

Denúncias

Contra ele, há também registrados 55 boletins de ocorrência. Entre os motivos, estão os crimes de furto, assédio sexual, ameaça contra homem e contra mulher, fraude, receptação e tráfico de drogas.

Ele foi conduzido para a Central de Polícia para conclusão dos procedimentos legais, onde foi registrada prisão em flagrante pelos crimes de uso de documento falso e posse de drogas – foram apreendidos substâncias semelhantes à maconha.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia