Foragido por feminicídio é preso quando iria tomar a vacina contra a Covid-19

Ireno Nelson Pretzel estava foragido depois de confessar ter assassinado a namorada, a médica pediatra Lúcia Regina Schultz.

Ele foi preso nesta quarta-feira (14), em Arrio dos Ratos, no Rio Grande do Sul quando estava indo se vacinar contra a Covid-19.

Confira maia detalhes na reportagem.

+

Cidade Alerta SC