Foto do assassino antes da morte, sonho e linchamento: entenda caso de adolescente assassinada

Adolescente conseguiu tirar uma foto minutos antes do crime; familiares e vizinhos empreenderam busca pelo autor da violência

Karina Blanco Durante, de 16 anos, foi assassinada por um homem de 37 anos no município de Cáchira, na Colômbia. Antes de ser morta a adolescente tirou uma foto do autor do crime, e encaminhou a imagem aos pais pelo aplicativo de mensagens Whatsapp. AO corpo da vítima foi encontrado em um rio nesta terça-feira (3).

adolescente assassinadaKarina foi assassinada enquanto se dirigia para a escola – Foto: Reprodução/Redes Sociais

Na ocasião do crime, a jovem deixava sua casa em direção a vila de “La Sardina”, onde teria aulas. A caminhada geralmente durava 50 minutos, por um caminho onde tinha um rio e plantas, até alcançar a estrada onde esperaria pelo ônibus. Mas o trajeto foi interrompido.

Antes de alcançar a estrada ela foi surpreendida por um homem, que a abusou sexualmente e depois assassinou a vítima. O autor do crime, um homem de 37 anos, é natural da Venezuela. Ele jogou o corpo da vítima no rio. No entanto, antes de ser assassinada, ela conseguiu tirar uma foto do homem que a perseguia. Os pais receberam a foto no telefone.

Com a imagem em mãos, pessoas próximos de Durante empreenderam uma busca pelo suposto criminoso. Quando o grupo o encontrou ele já tinha sido capturado pelos policiais. Os agressores não se contiveram: interceptaram o agente responsável pela prisão e lincharam o suspeito.

A história foi contada por Carlos Martínez, chefe da delegacia local. “Eles atacaram o policial responsável pela prisão e provocaram danos fatais ao detento”, disse Martinez. A história foi contada pelo portal Newsrebeat.

Adolescente tinha um sonho

César Blanco, pai de Karina, contou que a filha era muito madura, determinada e sabia o que queria. Ela queria ser mãe e se tornar uma grande psicóloga.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Diversa+ na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...