FOTOS: 520kg de carne de cavalo são apreendidos e cinco pessoas são presas no Sul de SC

Cinco pessoas, até o momento, foram presas em flagrante durante a Operação Hefesto desencadeada pela Polícia Civil em Morro da Fumaça nesta quinta-feira (16); ação conta com 60 policiais

Durante a Operação Hefesto a Polícia Civil apreendeu 520kg de carne supostamente de cavalo ou mula em um CTG, no bairro Frasson em Morro da Fumaça, no Sul catarinense. Além disso, cinco pessoas até o momento foram presas em flagrante, duas por tráfico de drogas, um por desacato e dois por crime contra o consumidor.

A operação policial foi realizada visando apurar furto de gado, venda de carne de cavalo e mula moídas para consumo humano, posse e venda de armas, venda de produtos veterinários falsificados, tráfico de drogas e receptação. Um grupo estaria cometendo os crimes.

“Foram cumpridos nove mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão temporária, deferidas pela Justiça com o aval do Ministério Público de Santa Catarina”, informa o delegado responsável pela comarca de Urussanga, Ulisses Gabriel.

Foram apreendidos 520 kg de carne supostamente de cavalo ou de mula que seriam vendidas para o consumo humano em Morro da Fumaça, no Sul de SC – Foto: Divulgação/Polícia CivilForam apreendidos 520 kg de carne supostamente de cavalo ou de mula que seriam vendidas para o consumo humano em Morro da Fumaça, no Sul de SC – Foto: Divulgação/Polícia Civil

Carne de cavalos e mulas eram vendidas moídas

Entre os cindo presos, dois foram detidos por possuírem carne supostamente de cavalo e mula armazenadas. Elas seriam moídas e vendidas para o consumo humano, segundo o apurado pela Polícia Civil.

As investigações iniciaram através da Delegacia de Polícia de Morro da Fumaça em maio de 2021. Inicialmente a polícia investigava dois casos distintos que vieram a se conectar.

Veja fotos da operação:

Durante a operação, armas e drogas também foram apreendidos e cinco pessoas foram presas em flagrante em Morro da Fumaça - Divulgação/Polícia Civil
1 7
Durante a operação, armas e drogas também foram apreendidos e cinco pessoas foram presas em flagrante em Morro da Fumaça - Divulgação/Polícia Civil
Buscas da operação Hefesto se concentraram em um CTG no bairro Frasson em Morro da Fumaça, no Sul de SC. - Karol Carvalho/NDTV
2 7
Buscas da operação Hefesto se concentraram em um CTG no bairro Frasson em Morro da Fumaça, no Sul de SC. - Karol Carvalho/NDTV
Foram apreendidos 520 kg de carne supostamente de cavalo ou de mula que seriam vendidas para o consumo humano em Morro da Fumaça, no Sul de SC - Divulgação/Polícia Civil
3 7
Foram apreendidos 520 kg de carne supostamente de cavalo ou de mula que seriam vendidas para o consumo humano em Morro da Fumaça, no Sul de SC - Divulgação/Polícia Civil
A Polícia Civil também apura o uso indevido de caixas de um mercado no local, o qual não teria qualquer relação com os fatos. - Divulgação/Polícia Civil
4 7
A Polícia Civil também apura o uso indevido de caixas de um mercado no local, o qual não teria qualquer relação com os fatos. - Divulgação/Polícia Civil
Duas pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas, uma foi presa por desacato e duas por crime contra o consumidor. - Divulgação/Polícia Civil
5 7
Duas pessoas foram presas em flagrante por tráfico de drogas, uma foi presa por desacato e duas por crime contra o consumidor. - Divulgação/Polícia Civil
Imagens divulgadas pela Polícia Civil durante a Operação Hefesto, impressionam e mostram os 520 kgs de carne supostamente de cavalo ou mula apreendidas em Morro da Fumaça, no Sul do Estado. - Divulgação/Polícia Civil/ND
6 7
Imagens divulgadas pela Polícia Civil durante a Operação Hefesto, impressionam e mostram os 520 kgs de carne supostamente de cavalo ou mula apreendidas em Morro da Fumaça, no Sul do Estado. - Divulgação/Polícia Civil/ND
Foram apreendidos 520 kg de carne supostamente de cavalo ou de mula que seriam vendidas para o consumo humano em Morro da Fumaça, no Sul de SC - Divulgação/Polícia Civil
7 7
Foram apreendidos 520 kg de carne supostamente de cavalo ou de mula que seriam vendidas para o consumo humano em Morro da Fumaça, no Sul de SC - Divulgação/Polícia Civil

Operação conta com 60 policiais

As investigações culminaram na Operação Hefesto desencadeada no início da manhã desta quinta-feira (16).  Participaram das buscas cerca de 60 policiais civis de Criciúma, Içara, Balneário Rincão, Forquilhinha, Orleans, Cocal do Sul, Lauro Müller, Urussanga, com apoio do Núcleo de Operação com Cães (K9/NOC) da PCSC e do Serviço Aeropolicial (SAER) da Polícia Civil.

“Também deram apoio três servidores da Cidasc, 12 policiais militares da Polícia Militar de Santa Catarina, comandados pelo Capitão Tiago, bem como dois membros do IGP”, ressalta em nota o delegado.

Além da carne, maconha, cinco armas, diversas munições, cheques e dinheiro foram apreendidos.

“Está sendo apurado o uso indevido de caixas do mercado Giassi no local, sendo que a Rede Giassi não tem qualquer relação com os fatos e está nos auxiliando a identificar como as caixas de plástico foram parar no local”, destaca em nota o delegado.

O nome da operação é uma referência ao Deus mitológico grego do fogo, Hefesto. Os tropeiros traziam gato e paravam em Morro da Fumaça e também acendiam fogueiras em seus acampamentos devido às neblinas existentes no local.

+

Polícia

Loading...