Haitiana vítima de violência doméstica é atendida em francês em delegacia de SC

Atendimento foi realizado em Blumenau nesta quarta-feira (22)

Quando a inclusão abrange até diferentes línguas. Na tarde desta quarta-feira (22) uma haitiana foi prestar denúncia em uma delegacia de Blumenau, no Vale do Itajaí, e recebeu atendimento em francês. A iniciativa inclusiva e curiosa foi divulgada na internet.

Haitiana foi atendida em francês na tarde desta quarta-feira (22) – Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoHaitiana foi atendida em francês na tarde desta quarta-feira (22) – Foto: Polícia Civil/Divulgação

A vítima, uma haitiana que ainda não domina o português, foi à DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso) para fazer uma denúncia após ter sofrido violência doméstica.

A barreira da linguagem poderia ter sido um problema, mas um dos agentes da Polícia Civil, Rafael Maia, fala francês fluentemente.  Maia deu aquela força no atendimento, traduzindo o que a vítima relatava.

No depoimento, a haitiana contou aos policiais que foi agredida com socos e teve o braço cortado por uma faca pelo ex-companheiro. Os policiais auxiliaram a vítima e deram encaminhamento aos procedimentos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Diversa+ na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...