Homem atira 17 vezes e é morto por policiais em SC; vizinhos gravaram

Antônio Valdir Padilha, de 46 anos, estava embrigado e bastante agressivo, segundo a polícia. Ele teria ameaçado a família e atirado muitas vezes em casa

Um homem foi morto a tiros após entrar em confronto com policiais militares na noite de domingo (25), em Campos Novos, no Meio-Oeste de Santa Catarina.  O caso é investigado pela 26ª Delegacia da Polícia Civil.

Vídeo mostra a ação da polícia no local – Foto: Reprodução/NDVídeo mostra a ação da polícia no local – Foto: Reprodução/ND

Antônio Valdir Padilha, de 46 anos, teria atirado 17 vezes, a maioria delas contra os policiais que foram chamados por vizinhos através de um grupo de WhatsApp e via a CRE 190 (Central Regional de Emergências). 

O capitão Marcelo Correa Macedo, responsável pela 3ª Cia da PM (Polícia Militar), explicou que Antônio Padilha estava embrigado e muito agressivo, além disso, estaria ameaçando a própria família com a arma de fogo. O caso aconteceu por volta das 21h no loteamento Santa Edwiges.

“Os policiais não sabiam exatamente onde era a casa, mas quando se aproximaram do local foram recebidos a tiros. Eles pararam a viatura e se abrigaram atrás de um poste na rua para tentar identificar de onde estavam vindos os disparos”, detalhou Macedo.

As fagulhas dos disparos em meio a escuridão ajudaram os dois militares a identificar que ele atirava pela porta e se abrigava na cozinha da casa. “Os policiais conversaram com ele por muitos minutos, mas não foram atendidos. Então eles revidaram os tiros. Um dos disparos atingiu o braço do agressor e o outro o abdômen”, explicou o capitão. 

O Corpo de Bombeiros Militar e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreram e o levaram ao Hospital José Athanázio, em Campos Novos, onde foi confirmada a morte. Os familiares dele não se feriram. 

Vídeos registrados por vizinhos do local mostram a ação da polícia para tentar conter o homem. As imagens exibem os policiais caminhando agachados e com armas em punho, e muitos tiros. (Assista abaixo)

Caso aconteceu na noite de domingo em Campos Novos – Vídeo: Internet/ND

Caso aconteceu na noite de domingo em Campos Novos – Vídeo: Internet/ND

Na casa, os agentes encontraram uma pistola G2C, calibre 9 milímetros, e três carregadores da arma.  Segundo a perícia foram encontrados 17 cartuchos deflagrados e três projeteis intactos. A arma é considerada de alto alcance e precisão eficiente.

Os quatro policiais envolvidos na ocorrência não se machucaram. Eles ficaram abrigados a cerca de 40 metros da casa onde estava o agressor. “Eles fizeram tudo conforme o procedimento manda, deram uma aula de como atender uma ocorrência como essa. Claro, que, que não ficamos felizes com uma morte”, finalizou. Segundo Macedo, o homem não conhecido no setor policia.

O homem não era conhecido no meio policial. O IGP (Instituto Geral de Perícias) e a PC (Polícia Civil) investigam a ocorrência. Imagens de câmeras de monitoramento devem ajudar na apuração do fato pela 26ª DP de Campos Novos. A Corregedoria da Polícia Militar irá abrir Inquérito para apurar os fatos.

+

Polícia

Loading...