Homem é multado em R$ 10 mil após cortar árvore para fazer cachaça

Espécie que corre risco de extinção é conhecida como amburana acreana e cerejeira; sementes são usadas como remédio para aliviar dores e a casca, para preparar bebida alcoólica

Um homem foi multado em R$ 10 mil, por crime ambiental, por ter utilizado um pedaço do tronco de uma árvore em extinção para preparar uma pinga em Tapejara, no noroeste do Paraná.

Além de multa, suspeito pode responder por outros crimes ambientais – Foto: Reprodução/RPCAlém de multa, suspeito pode responder por outros crimes ambientais – Foto: Reprodução/RPC

De acordo com informações do G1, a situação foi descoberta após uma câmera de segurança registrar a movimentação no terreno onde a árvore está plantada.

A espécie que corre risco de extinção é uma amburana, conhecida também como amburana acreana e cerejeira. As sementes são usadas como remédio para aliviar dores e a casca, para preparar bebida alcoólica.

A prefeitura colocou uma placa no pé da árvore, para evitar qualquer tipo de crime ambiental. As sementes só podem ser colhidas quando caem no chão e qualquer tipo de corte é proibido.

Além de ser multado, o suspeito multado pode responder por outros crimes ambientais. A Polícia Civil informou que vai enviar uma equipe para a cidade para fazer uma perícia e identificar o dano causado na árvore.

+

Polícia