Homem é preso por armazenar mais de 5 mil arquivos de pornografia infantil no Vale

Na casa do suspeito, em Botuverá, os policiais também encontraram armas de fogo; o material apreendido será analisado pelo Instituto Geral de Perícias

A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (9) um homem de 34 anos suspeito de armazenar arquivos contendo pornografia infantil, em Botuverá, no Vale do Itajaí.

Homem é preso por armazenar mais de 5 mil arquivos de pornografia infantil no Vale – Foto: Divulgação/Polícia CivilHomem é preso por armazenar mais de 5 mil arquivos de pornografia infantil no Vale – Foto: Divulgação/Polícia Civil

No imóvel onde o homem foi detido os policiais apreenderam um computador e outros dispositivos eletrônicos. Também foram encontradas cinco armas de fogo sem registro. O suspeito foi preso em flagrante e conduzido à Delegacia de Polícia Civil.

O material apreendido será analisado pelo IGP (Instituto Geral de Perícias) para comprovar que seja comprovado o crime de armazenamento de conteúdo pornográfico-infantil.

A prisão faz parte da megaoperação de combate a crimes de abuso e exploração sexual praticados na internet contra crianças e adolescentes. Ao todo, a operação deflagrada pel batizada de Luz na Infância 8 cumpriu 176 mandados de busca e apreensão em 18 estados e cinco países.

De acordo com a Polícia Civil, em Santa Catarina, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão no âmbito da Operação Luz na Infância 8, nesta quarta-feira (9). Além de Botuverá, policiais estiveram em Florianópolis, São José, Governador Celso Ramos, Itajaí e São Bonifácio.

Operação Luz na Infância cumpriu seis mandados de busca e apreensão em SC – Foto: Divulgação/Polícia CivilOperação Luz na Infância cumpriu seis mandados de busca e apreensão em SC – Foto: Divulgação/Polícia Civil

Crime

No Brasil, a pena para quem armazena conteúdos com pornografia infantil varia de 1 a 4 anos de prisão, de 3 a 6 anos pelo compartilhamento e de 4 a 8 anos de prisão pela produção de conteúdo relacionado aos crimes de exploração sexual.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia