Homem é preso por descumprir medida protetiva, ameaçar mulher e matar cão em Chapecó

O suspeito de 42 anos foi até a casa de sua ex-companheira armado com um pé de cabra e a perseguiu; ele foi detido pela Polícia Civil

Um homem de 42 anos foi preso preventivamente em casa após descumprir medida protetiva de urgência que o proibia de se aproximar de sua ex-companheira e matar o cachorro de estimação de sua ex-cunhada. O crime ocorreu em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

Homem foi preso preventivamente – Foto: Polícia CivilHomem foi preso preventivamente – Foto: Polícia Civil

De acordo com delegado da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso) de Chapecó, Estevão Vieira, na última semana de janeiro, o suspeito foi até a casa da ex-companheira armado com uma ferramenta tipo pé de cabra. No local ele teria ameaçado e perseguido a mulher.

A vítima conseguiu se abrigar na casa de sua irmã, localizada próximo a sua residência. O suspeito foi atrás e ao se retirar do local teria atropelado de carro um cachorro de estimação da irmã da vítima. O animal morreu.

A Polícia Civil instaurou inquérito policial e representou ao Poder Judiciário pela prisão preventiva do investigado. Após manifestação favorável do Ministério Público, o mandado de prisão foi expedido pelo juiz competente e o suspeito foi preso em sua casa.

Acesse e receba notícias de Chapecó e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Polícia