Homem embriagado é preso ao ser impedido de embarcar em rodoviária da Grande Florianópolis

Motorista não permitiu embarque em ônibus com destino a Xanxerê; PM foi acionada no local após desentendimentos e ameaças

Um homem foi preso por resistência e ameaça em uma ocorrência na rodoviária de Tijucas, na Grande Florianópolis, nesta quinta-feira (24). Segundo informações da PM (Polícia Militar), ele estava embriagado e iniciou uma confusão no local após ser impedido pelo motorista de embarcar em ônibus com destino a Xanxerê.

Homem embriagado é preso em rodoviária de Tijucas – Foto: ReproduçãoHomem embriagado é preso em rodoviária de Tijucas – Foto: Reprodução

Ele foi preso após proferir ofensas contra uma atendente da rodoviária, seguido de desrespeitos às ordens dos policiais e até ameaça de morte.

“Na chegada, a guarnição avistou o homem visivelmente embriagado e muito agitado. Ele afirmou que comprou uma passagem de ônibus para ir até Xanxerê, contudo, o motorista não deixou ele embarcar”, relata a assessoria de imprensa da PM.

O homem afirmava que o motorista do ônibus havia pego sua passagem, e gritava com a atendente a pedindo de volta, de acordo com a descrição da ocorrência. “A atendente afirmou que a todo tempo ele ficou incomodando e não a deixava trabalhar”, conta a assessoria do órgão.

Após conversar com os dois envolvidos, os oficiais iniciaram os procedimentos legais, mas o homem continuou atrapalhando os trâmites. “Foi dada, então, uma ordem legal para que ele ficasse quieto e não mais atrapalhasse o procedimento. Após alguns instantes, enquanto o oficial colhia o relato da atendente, ele desobedeceu a ordem emanada anteriormente e foi até o guichê gritar”, continua a relato da PM.

Embate físico e prisão

Após novo desrespeito às ordens, o policial responsável pela ocorrência usou da força física para conter o homem e chegou a levá-lo ao chão por conta da resistência.

“O autor proferiu ameaças contra a guarnição, afirmando que ia matar e que os policiais ‘iam se ferrar'”, conta a assessoria. Durante o contato físico, ele caiu e bateu a cabeça, sofrendo um corte no supercílio direito.

Dessa forma, o Corpo de Bombeiros foi acionado ao local para prestar atendimentos.

Já algemado, o homem encontrou uma sacola preta e disse que era sua. Ao verificar o acessório, a guarnição achou a passagem de ônibus – que, segundo ele, havia sito pega pelo motorista.

A PM lavrou um Boletim de Ocorrência e Termo Circunstanciado. No entanto, ele se recusou a assinar o documento, e por isso foi preso em flagrante e levado até a delegacia de Itapema.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Polícia