Homem mais procurado do RS é preso em Bombinhas

Além de ter sido condenado por tráfico e estar foragido, "Gordo Dé" tinha outros dez mandados de prisão abertos, acusado de homicídio, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro

Um dos homens mais procurados do Rio Grande do Sul foi preso neste domingo (22) em Bombinhas. Conhecido como “Gordo Dé”, ele estava foragido depois de ter sido condenado a mais de 40 anos de prisão por tráfico de drogas, associação criminosa e roubos.

O homem, de 46 anos, tinha mais dez mandatos prisão ativos, por acusações de homicídio, organização criminosa, tráfico de drogas, associação ao tráfico e lavagem de dinheiro.

Com 11 mandatos, um dos homens mais procurados do Rio Grande do Sul é preso em Bombinhas – Foto: Divulgação/Polícia CivilCom 11 mandatos, um dos homens mais procurados do Rio Grande do Sul é preso em Bombinhas – Foto: Divulgação/Polícia Civil

“Gordo Dé” foi o último grande líder das principais organizações criminosas do Rio Grande do Sul. Ele estava foragido desde junho de 2018. Segundo a Polícia Civil do Rio Grande do Sul, ele recebeu a tornozeleira eletrônica e a arrancou 39 minutos depois a instalação do aparelho.

De acordo com a Polícia, ele tinha vários esconderijos em Santa Catarina, um deles em Bombinhas, onde foi preso. O homem tinha vários antecedentes criminais, sendo acusado por 18 homicídios, além de dez acusações de roubo de veículos, tráfico de drogas, associação ao tráfico, participação de organização criminosa, lavagem de dinheiro, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, entre outros crimes.

A prisão foi efetuada pela da DECAP (Delegacia de Capturas), do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais) do Rio Grande do Sul, sob a coordenação do Delegado Arthur Raldi.

Acesse e receba notícias de Bombinhas e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Polícia