Homem procurado pela morte de cinco policiais penais no Pará é preso em SC

Ação conjunta entre a Polícia Civil de Santa Catarina e a Polícia Civil do Pará resultou na apreensão do criminoso no município de São José

Um homem de 31 anos foi apreendido na manhã desta quarta-feira (21), no bairro Real Parque, em São José, numa ação conjunta entre a Polícia Civil de Santa Catarina e do Pará. O criminoso é acusado, de ter envolvimento direto em cinco homicídios contra policiais penais no Pará.

O indivíduo era ainda procurado por ser integrante de uma organização criminosa no Norte do país. A prisão foi feita por policiais civis da Core/PCSC (Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais), juntamente com policiais civis da CORE do Pará.

O homem acusado de homicídios de agentes penitenciários no Pará não teve sua identidade revelada pela Polícia Civil – Foto: Divulgação/NDO homem acusado de homicídios de agentes penitenciários no Pará não teve sua identidade revelada pela Polícia Civil – Foto: Divulgação/ND

O foragido estava escondido em Santa Catarina há cerca de três meses, recebendo ajuda em dinheiro de uma organização criminosa na qual é suspeito de exercer função como conselheiro.

A mesma organização é responsável por promover ataques contra agentes penitenciários no Pará. Segundo informações do Delegado John Vieira, coordenador da CORE de SC, o homem não resistiu à prisão. A casa onde ele estava escondido já estava sendo observada pelos policiais há alguns dias, a fim de entender a rotina do criminoso. Nesta manhã, ele foi cercado pelos policiais, sem chances de escapar.

A organização na qual o criminoso fazia parte, segundo o delegado, possui caráter nacional. Alguns dos integrantes da quadrilha já foram apreendidos no país, entretanto, outros ainda continuam soltos, sem indícios de serem encontrados. A Polícia Civil fará o encaminhamento do criminoso de volta ao Pará para prosseguir com as ações judiciais.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...