Homem que agrediu policial deve ter prisão preventiva decretada nesta segunda no Norte

Homem chegou a ser preso pelas agressões, mas foi liberado no domingo após pagamento de fiança; caso aconteceu no sábado (14), em Jaraguá do Sul

A Polícia Civil vai entrar com o pedido de prisão preventiva contra o homem suspeito de agredir um policial durante abordagem em Jaraguá do Sul, no Norte do Estado. O documento deve ser entregue ao MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) no início da tarde desta segunda-feira (16).

Policiais foram agredidos durante abordagem na noite deste sábado – Polícia Militar/Divulgação/NDPoliciais foram agredidos durante abordagem na noite deste sábado – Polícia Militar/Divulgação/ND

O motorista chegou a ser preso em flagrante, mas foi liberado no domingo (15), após audiência de custódia e pagamento de fiança. Ele deve responder por infração de trânsito, desacato, desobediência e lesão corporal gravíssima.

De acordo com o delegado Fabiano Silveira, responsável pelo caso, testemunhas já foram ouvidas sobre a confusão. Ele afirma que a principal linha de investigação é tentativa de homicídio.

Além disso, a polícia também analisará imagens do momento das agressões que foram registradas pelos moradores.

“A equipe está realizando oitivas complementares para entender o caso. Uma questão importante é frisar a conduta lícita dos policiais, que mesmo com o suspeito alterado, em nenhum momento fizeram o uso de armas letais”, explica o delegado.

Leia também:

Durante a manhã desta segunda (16), o policial agredido prestou depoimento sobre o caso e realizou o exame de corpo de delito junto ao IML. No sábado (14), ele foi levado ao Hospital São José com traumatismo craniano e recebeu alta nesta segunda-feira.

Relembre o caso

As agressões aconteceram no sábado (14), no Centro de Jaraguá do Sul. O suspeito realizava manobras perigosas quando foi abordado pela polícia. Segundo a PM, o homem apresentava sinais de embriaguez e teria se alterado ao perceber que teria o veículo removido e a CNH apreendida.

Nesse momento, ele deu socos, chutes e empurrões nos agentes. Um dos policiais, de 29 anos, desmaiou após receber um soco no rosto, e ainda foi atingido com um chute na cabeça. O homem só se rendeu depois que um agente sacou uma arma e ordenou que ele deitasse no chão. Toda a ação foi filmada por moradores que presenciaram a confusão.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...