Homem que estuprou e sequestrou mulher é levado para presídio de Florianópolis

Polícia Civil realizou a denúncia para o MSPC para que seja ajuizada a ação penal

O homem que invadiu um apartamento e estuprou a moradora no bairro Açores, no Sul da Ilha de Santa Catarina, no último domingo (5), foi levado para o Presídio Masculino de Florianópolis, na Agronômica.

Homem pediu para a mulher esquentar água para fazer um café, mas invadiu o apartamento e estuprou a moradora –  Foto: PCSC/Divulgação/NDHomem pediu para a mulher esquentar água para fazer um café, mas invadiu o apartamento e estuprou a moradora –  Foto: PCSC/Divulgação/ND

De acordo com delegado da Dpcami (Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso), Gustavo Kremer, o acusado foi preso em flagrante e, como resultado, foi conduzido para o presídio.

Além disso, o delegado Gustavo Kremer afirma que ele será indicado pelo crime de estupro, com pena de seis a 10 anos de reclusão. Assim como por roubo, reclusão de quatro a 10 anos, e sequestro, com punição de 5 a 20 anos de cadeia.

Ainda conforme o delegado, a Polícia Civil realizou a denúncia para o MSPC (Ministério Público de Santa Catarina) para que seja ajuizada a ação penal.

Relembre o caso:

Tudo começou quando o homem pediu para a mulher esquentar água para fazer um café, mas invadiu o apartamento e estuprou a moradora no bairro Açores, em Florianópolis, por volta das 6h do último domingo (5).

O acusado trabalhava na reformar de outro apartamento no mesmo prédio em que a vítima. Dessa forma, ele teria batido na porta do apartamento da mulher para que ela esquentasse a água do café.

Após entrar na residência, ele usou uma faca para dominar a mulher e a estuprou. Após o ocorrido, o homem fez a mulher o levar até Canasvieiras e, posteriormente, para a Vargem do Bom Jesus, no Norte da ilha.

Na Vargem, ele saltou do carro da mulher e fugiu. Ela, então, procurou uma delegacia e relatou o ocorrido. Após investigações, o homem foi localizado ainda no Norte da Ilha e preso pela Polícia Civil por meio da CORE/PCSC (Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais).

A prisão ocorreu por volta das 17h deste domingo (5). Com o homem os policiais encontraram uma passagem para o Maranhão. A polícia acredita que ele pretendia fugir para o Estado após ter cometido o crime.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a Central de Plantão Policial da Capital, onde prestou depoimento.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...