Homem que sequestrou três crianças em Florianópolis se aproveitou de distração em briga

Crianças foram raptadas durante a madrugada e encontradas na rua pela manhã desta quarta-feira (15), no bairro Rio Vermelho, Norte da Ilha

O homem que sequestrou três crianças, em Florianópolis, na madrugada desta quarta-feira (15), se aproveitou de um momento de distração durante uma briga.

Os irmãos – um menino de quatro anos e duas meninas gêmeas de nove anos – foram encontrados nesta manhã, a duas quadras da servidão Maurílio Nunes, no Rio Vermelho, que foi o local do desaparecimento.

Homem que sequestrou três crianças em Florianópolis se aproveitou de distração em briga – Foto: Polícia Civil/Divulgação/NDHomem que sequestrou três crianças em Florianópolis se aproveitou de distração em briga – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

Segundo informações da Polícia Civil, os pais da criança se envolveram em uma discussão por volta das 3h, em frente a um templo religioso. O homem, que não é conhecido da família e estava próximo ao local, percebeu a briga e raptou as crianças. Elas foram levadas a pé para a casa dele.

Familiares e amigos iniciaram uma mobilização para descobrir o paradeiro dos irmãos. A Polícia Militar informou que foi acionada no início do dia.

Policiais militares e agentes da 8ª Delegacia de Polícia da Capital realizaram as buscas e encontraram os pequenos na rua. Foram os próprios irmãos que apontaram aos policiais a localização do suspeito. Ele foi preso e encaminhado à CPP (Central de Plantão Policial), onde prestou depoimento.

O homem libertou as crianças após informações sobre o desaparecimento circularem na internet. A idade dele e detalhes sobre o depoimento não foram divulgados.

O delegado André Portella, da CPP, informou que as crianças passam bem e que, além da  prisão em flagrante, o suspeito foi indiciado pelos crimes de sequestro e abandono de incapazes. “Não houve qualquer indício de que tenha ocorrido violência de natureza sexual ou maus tratos em relação às crianças”, afirmou o delegado.

Relembre o caso

Os três irmãos desapareceram durante a madrugada no bairro Rio Vermelho. O delegado Wanderley Redondo, titular da Delegacia de Desaparecidos, tomou ciência do caso logo após o registro da ocorrência.

“De acordo com o relatado pela mãe em outra delegacia, as crianças estavam na sua companhia em um ato religioso durante essa madrugada. Foi quando começou uma discussão e as crianças desapareceram. Segundo o que a mãe registrou na ocorrência, uma vizinha teria visto as crianças com um andarilho”, comentou.

A família é natural do Rio Grande do Sul. Eles residem na capital catarinense há quatro anos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...