Homem que tentou matar dono de boate em Pinhalzinho é preso

Vítima passou por uma cirurgia de 10h após ter intestino rompido por tiros; principal suspeito encontra-se preso

O principal suspeito de tentar matar um homem em Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina, foi indiciado pelos crimes de tentativa de homicídio e porte ilegal e disparo de arma de fogo. A Polícia Civil conclui o inquérito e agora o caso foi enviado ao Poder Judiciário. O homem de 34 anos está preso.

Principal suspeito foi preso e vai responder à Justiça por tentativa de homicídio – Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoPrincipal suspeito foi preso e vai responder à Justiça por tentativa de homicídio – Foto: Polícia Civil/Divulgação

O crime ocorreu na noite de sexta-feira (12) em uma boate localizada no Bairro Universitário. Segundo a polícia, o principal suspeito estaria no local bebendo e “procurando briga”. Após luta corporal, o proprietário do local exigiu que ele fosse embora.

Do lado de fora, o homem de dentro do carro disparou cinco tiros em direção ao dono do estabelecimento. Ele foi atingido no abdômen. A esposa e um amigo socorreu a vítima em estado grave. No hospital de Chapecó, ele passou por cirurgia que durou cerca de 10 horas para reconstruir o intestino.

O principal suspeito, no dia do crime, fugiu. Após denúncia, o ele foi visto retornando para casa no interior de União do Oeste, na segunda-feira (15), momento em que foi preso. Na delegacia, ele permaneceu em silêncio.

O homem encontra-se preso e vai responder na Justiça pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo e disparo de arma de fogo.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Polícia