Homem reage a assalto, saca arma e coloca quatro bandidos para correr em rodovia de SC

Vítima foi perseguida pelos bandidos, após fechar o supermercado, em Laurentino

Quatro homens foram presos na noite de sábado (30), no centro de Laurentino, após uma tentativa de assalto. A vítima é o proprietário de um supermercado da cidade, de 36 anos, que estava fechando o estabelecimento com a filha, de 16, quando foi abordado pelos criminosos.

Ele entrou no carro, mas foi perseguido pelos bandidos, que invadiram a contramão, obrigando a vítima a parar o veículo. Quando o assalto foi anunciado, o homem sacou uma espingarda e disparou para o alto fazendo os bandidos fugirem.

Anúncio do assalto ocorreu em uma rodovia, ao lado de um bar – Foto: Reprodução/Google Maps/NDAnúncio do assalto ocorreu em uma rodovia, ao lado de um bar – Foto: Reprodução/Google Maps/ND

Conforme o empresário, que não quis se identificar, um dos homens que participou da tentativa de assalto já trabalhou no mesmo mercado que teria tentado roubar.

O relatório da Polícia Militar indica que os bandidos têm 16, 17, 18 e 29 anos. Eles estavam em um Renault/Clio, quando passaram em frente ao estabelecimento e teriam gritado: “nós vamos te assaltar, tio”.

O proprietário, que estava fechando as portas do mercado, voltou para buscar uma arma, guardada no interior da loja. A intenção, segundo ele, foi “proteger a filha e a própria vida”, após a ameaça.

O pressentimento se confirmou. Quando ele e a adolescente voltavam para casa, no sentido Rio do Sul, passaram a ser perseguidos pelo veículo.

Os bandidos ultrapassaram as vítimas e invadiram a pista na contramão, na SC-350, ao lado de um bar. Dois deles desceram do carro e foram até o meio da via mandar o homem encostar para lhe roubar.

Quando parou o carro e ouviu o anúncio do assalto, a vítima sacou uma pistola e fez um disparo para cima, fazendo os homens voltarem para o veículo e fugirem sem levar nada.

A vítima prestou queixa à Polícia Militar e informou a identidade de um dos homens, que ele conhecia. Os quatro foram presos, conforme relatório da Polícia Militar. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...