Homem se recusa a falar com a polícia após matar ex-namorada em Blumenau

Neylor Eduardo de Siqueira Dias, de 33 anos, foi preso em casa logo depois do crime e está detido na Central de Plantão Policial

O homem apontando como assassino de Daiana dos Santos Silva, morta brutalmente a facadas na manhã desta quinta-feira (26) em Blumenau, se recusou a falar com a polícia.

Neylor Eduardo de Siqueira Dias é ex-namorado da vítima e foi preso em casa, no bairro Tribess, logo após cometer o crime. Ele foi identificado por pessoas que presenciaram o ataque.

Neylor Eduardo de Siqueira Dias é o principal suspeito pelo feminicídio – Foto: DivulgaçãoNeylor Eduardo de Siqueira Dias é o principal suspeito pelo feminicídio – Foto: Divulgação

No imóvel também foram encontradas roupas ensanguentadas. Segundo a Polícia Militar, o homem se entregou sem resistência quando a guarnição chegou, mas optou por ficar em silêncio no depoimento à Polícia Civil.

Mesmo sem responder aos questionamentos do delegado Cristhian Siqueira, o entendimento das autoridades é de que Neylor agiu motivado por ciúmes e não acreditam que o assassinato tenha sido premeditado.

>> Raio-x do feminicídio em SC: do perfil das vítimas à absolvição dos assassinos

Durante o interrogatório ele estava sem advogado. A defesa deve ser feita por um defensor público ainda a ser designado após manifestação do Ministério Público. Ele será indiciado pelo crime de feminicídio.

De acordo com o delegado, não há registros de boletins de ocorrência de Daiana contra Neylor, bem como nenhum pedido de medida restritiva. O casal estava separado há três meses.

Ainda nesta quinta-feira (26) será solicitada a prisão preventiva do homem, que está na Central de Plantão Policial.

Daiana dos Santos Silva, foi morta no estacionamento da empresa em que trabalhava – Foto: Reprodução/InstagramDaiana dos Santos Silva, foi morta no estacionamento da empresa em que trabalhava – Foto: Reprodução/Instagram

Acesse e receba notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Polícia