Homem tenta matar ex-esposa e esfaqueia amigo dela em Chapecó

Suspeito teria ido até a casa e encontrado a mulher com um amigo, que foi esfaqueado no peito; fato aconteceu na noite de quinta-feira (16)

A PM (Polícia Militar) prendeu um homem, de 37 anos, suspeito de ter esfaqueado a ex-esposa e um amigo dela, perto das 20h de quinta-feira (16), na rua Arthur João Lara, no bairro Bom Pastor, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina.

Faca usada na briga – Foto: PM/NDFaca usada na briga – Foto: PM/ND

A mulher, de 36 anos, contou aos policiais militares que estava em casa com um amigo, de 23 anos, quando o seu ex-esposo chegou ao local. Alterado, segundo ela, o homem teria esfaqueado a mulher nas mãos e golpeado o rapaz no peito. 

Os dois foram atendidos pelo Samu, sendo que o rapaz foi levado ao Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, com vários ferimentos. 

Após o crime, conforme a polícia, o suspeito fugiu da casa da ex-esposa. Com isso, os policiais foram até a residência de familiares, no mesmo bairro, arrombaram uma janela e encontraram uma faca com manchas de sangue.

A irmã do suspeito disse aos policiais que ele estaria escondido em uma casa na Linha Água Amarela, no interior de Chapecó. Lá, os militares encontraram o homem embaixo de uma cama. 

Aos policiais, o suspeito confessou o crime. O homem alegou que quando chegou na casa encontrou a mulher com o amigo, e os filhos chorando, o que teria motivado a briga. Afirmou que o rapaz lhe deu uma faca na mão esquerda e, que, apenas teria tirado a faca dele e se defendeu.  

“Ele disse que não tentou matar, apenas tentou se defender”, contou o sargento Aérikison Rifam, da Polícia Militar. O casal teria terminado o relacionamento ainda na tarde quinta.   

A mulher e o suspeito do crime foram conduzidos para a CPP (Central de Plantão Policial) para os devidos esclarecimentos. A Polícia Civil investiga o caso, com auxílio do IGP (Instituto Geral de Perícias) que periciou  a casa onde aconteceu os fatos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia