Homem troca ‘nudes’ com desconhecida e sofre ameaças em SC

Caso terminou em tentativa de extorsão em Galvão, no Oeste do Estado; vítima não depositou quantia em dinheiro solicitada

Uma troca íntima de mensagens e fotos resultou em uma tentativa de extorsão em Galvão, no Oeste de Santa Catarina. Um homem de 39 anos caiu no golpe do nudes e recebeu ameaças de que seria denunciado por pedofolia.

nudesHomem caiu no golpe do nudes em Galvão. (imagem ilustrativa) – Foto: Reprodução/ND

De acordo com informações da PM (Polícia Militar), a confusão começou quando o homem recebeu uma mensagem no Facebook de uma mulher dizendo que havia se interessado por ele. Além de elogia-lo, ela teria dito que gostaria de ter um “relacionamento virtual” com ele. A primeira troca de mensagens ocorreu no dia 12 de agosto.

Papo vai e papo vem, a suposta mulher teria enviado fotos e vídeos de suas partes íntimas. O homem também acabou retribuindo com imagens suas, segundo a PM.

Ameaças

Na manhã do dia 13 de agosto o homem, conforme informou aos policiais, recebeu outras mensagens, dessa vez por meio do WhatsApp. Porém, a conversa não foi nada amigável.

A pessoa por trás do contato ameaçou mostrar as mensagens para a esposa do homem, uma vez que ele seria casado, caso não fosse realizado um depósito com determinada quantia em dinheiro.

nudes Ameaças foram feitas por meio de mensagens no WhatsApp. – Foto: Polícia Militar/Divulgação/ND

“Essa menina tem apenas 14 anos rapaz. Quero uma explicação agora para tentarmos resolver essa situação”, diz uma das mensagens. Na sequência, as ameaças são de denúncia por pedofilia e exposição da imagem do homem “a qualquer custo”.

E as ameaças não pararam por aí. Segundo declarou aos militares, o contato também teria dito que as fotos íntimas do homem seriam propagadas pela internet sem a devida autorização.

A vítima não depositou a quantia solicitada e acionou a Polícia Militar. As conversas e o boletim de ocorrência foram repassados à Polícia Civil para investigação do crime.

De acordo com o major da PM e comandante da 5ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar/Fronteira, Vilmar Rosa, essa nova modalidade de extorsão, por meio do WhatsApp, está se repetindo nos municípios da área de abrangência da 5ª Companhia de Policia Militar de São Lourenço do Oeste.

Entenda como funciona o golpe

A PM explica que nesses tipos de golpes os criminosos criam um perfil falso em alguma rede social de mulheres aparentemente jovens e atraentes, as quais solicitam amizade com a vítima.

Inicia então um diálogo com a mulher onde o papo naturalmente “esquenta”. A suposta mulher passa, então, a mandar nudes em fotografias ou vídeos, pedindo para que a vítima faça o mesmo.

Conforme o major, é a partir de então que os problemas começam. Ele esclarece que a suposta mulher bloqueia a vítima de suas redes sociais e entra em cena outro membro da quadrilha, o suposto pai da menina, um suposto advogado da família ou até um falso policial.

A pessoa passa a “atormentar” a vida da vítima, alegando que a menina que enviou os nudes seria menor de idade, informando que o homem teria praticado crimes graves ao trocar fotos íntimas com ela, tais como pornografia infantil, entre outros.

Para que não seja acionada a polícia, os criminosos exigem o pagamento de considerável quantia em dinheiro, a fim de não tornar público os fatos.

“As vítimas desses crimes, em sua maioria, são homens, por vezes até casados e com família estruturada, presas mais fáceis de ceder para não ter seu nome envolvido em tal ‘escândalo’, cujas ameaças, não raras vezes, abrangem também a alegação de que as imagens e mensagens serão enviadas às respectivas esposas e filhos”, exemplifica.

A Polícia Militar dá dicas para não cair no golpe do nudes:

  • Evite aceitar estranhos em suas redes sociais;
  • Mantenha seu perfil fechado, para que obtenham acesso apenas seus amigos;
  • Não converse com indivíduos desconhecidos, por mais interessante que a pessoa transpareça ser;
  • Não envie, em hipótese alguma, fotos íntimas suas pela internet.

A polícia ainda orienta que,  caso alguém caia no golpe ou ocorra a tentativa de ser envolvido neste tipo de extorsão, o correto é denunciar para a Policia Militar no número 190 e pedir orientações.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...