Homicídios em Joinville caem, mas números ainda preocupam

Segundo a Delegacia de Homicídios, mais de 60% dos casos de assassinatos em Joinville ocorridos neste ano foram esclarecidos

Joinville tem registrado diminuição nos números de assassinatos. Um levantamento da Delegacia de Homicídios mostra que houve 31 ocorrências na cidade entre janeiro e a primeira quinzena de julho de 2021.

Isso representa uma queda de 46,55% se comparado com o mesmo período do ano anterior, quando 58 homicídios foram registrados.

Polícia Civil em JoinvilleCasos de homicídio têm diminuído em Joinville, mas números ainda preocupam – Foto: Carlos Junior/Divulgação/ND

A situação é parecida ao considerar os casos de tentativas de homicídio. Enquanto 20 casos foram registrados neste ano, no mesmo período de 2020 foram 60. Mais do que o dobro.

Segundo o delegado Dirceu Silveira Júnior, titular da Delegacia de Homicídios, a queda tem a ver com “a qualidade da investigação da delegacia de homicídios, dos seus agentes de polícia, escrivães e delegados que aqui estão lotados”.

A junção de trabalhos preventivos e a atuação de outras delegacias, segundo ele, também estariam contribuindo para os novos índices. Ele complementa que mais de 60% dos homicídios ocorridos neste ano foram esclarecidos – ou seja, os suspeitos aguardam presos o julgamento.

Além disso, 80% dos crimes em Joinville acontecem por rivalidade entre facções criminais. Jovens com até 25 anos, com passagens policiais, são maioria entre as vítimas.

Ainda não é o ideal

Um levantamento da SSP (Secretaria de Segurança Pública), lançado em junho, no entanto, mostra que Joinville ainda lidera o ranking de assassinatos em Santa Catarina em 2021, na frente de Florianópolis e Chapecó, que vêm em seguida.

A queda, no entanto, é vista em âmbito estadual e acontece desde 2018, quando 6.436 ocorrências foram registradas. Em 2020 já eram 5.167, uma diminuição de 19,7% em dois anos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...