Hospital de Criciúma recebe cilindros apreendidos em assalto histórico

A Polícia Civil realizou a doação de cinco cilindros de 50 litros cada, utilizados no arrombamento ao cofre de um banco, no centro de Criciúma, em novembro de 2020

A Polícia Civil entregou nesta semana cinco cilindros de oxigênio, de 50L cada, usados pelos criminosos no assalto ao Banco do Brasil em Criciúma, ocorrido em 30 de novembro de 2020. O Hospital Unimed da cidade foi agraciado com a doação.

No arrombamento de cofres, os assaltantes usaram os cilindros com maçaricos de alta pressão, do tipo lança térmica, equipamentos de uso industrial.

Cilindros foram entregues ao Hospital Unimed em Criciúma – Foto: Polícia Civil/NDCilindros foram entregues ao Hospital Unimed em Criciúma – Foto: Polícia Civil/ND

A partir de pedido da Delegacia de Roubos e Antissequestro – DRAS/DEIC, que investiga o caso, com a concordância do Ministério Público e autorização do Poder Judiciário, os cilindros terão uso hospitalar, ajudando no abastecimento de oxigênio aos pacientes em tratamento, inclusive de Covid-19.

“O Hospital Unimed Criciúma foi escolhido por ter prestado atendimento ao Soldado da Polícia Militar Jeferson Luiz Esmeraldino, onde ficou mais de dois meses internado, por ter sido gravemente ferido no confronto com os criminosos”, explica o delegado Anselmo Cruz.

+

Polícia