Identificada jovem grávida de sete meses morta pelo marido em Aurora

Cícera Raquel da Silva Araújo, de 18 anos foi morta com tiro na cabeça pelo marido; o suspeito ainda não foi encontrado

Cícera Raquel da Silva Araújo, de 18 anos, era a jovem grávida que foi morta pelo marido, José Medeiros, de 32 anos, com um tiro na cabeça na noite deste sábado (5), em Aurora, no Alto Vale do Itajaí. Ela estava grávida de sete meses quando foi assassinada.

Cícera estava grávida de sete meses quando foi morta com tiro na cabeça pelo companheiro na noite deste sábado (5), em Aurora. – Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal/NDCícera estava grávida de sete meses quando foi morta com tiro na cabeça pelo companheiro na noite deste sábado (5), em Aurora. – Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal/ND

Conforme populares, o casal estava brigando dentro da casa, em seguida houve disparo de arma de fogo contra a vítima, que estava grávida de sete meses.

Cícera estava com um ferimento feito por arma de fogo na cabeça. Familiares relataram à Polícia Militar que o companheiro dela confessou o crime e fugiu do local antes da chegada do socorro.

O SAMU atendeu a ocorrência e constatou a morte da jovem e do feto ainda no local. O corpo foi recolhido pela Polícia Científica.

As informações de velório e sepultamento de Raquel não foram divulgadas pela família. O companheiro e autor da morte de Raquel ainda não foi encontrado.

Relembre o caso

Uma jovem de 18 anos foi morta com tiro na cabeça no fim da tarde deste sábado (5), por volta das 17h54, próximo ao centro do município de Aurora. Segundo informações da PM (Polícia Militar), a vítima estava grávida e sofreu um feminicídio. Segundo testemunhas, o suspeito fugiu do local com um veículo VW/Gol de cor branca.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...