Identificados os dois homens assassinados em Araquari

Leonardo Henry Francez, 17 anos, e João Evangelista Santos Marques Neto, 20 anos, foram assassinados; os corpos foram encontrados na manhã desta segunda-feira, dia 25

Foram identificados os dois homens assassinados em Araquari, no Norte e Santa Catarina. Os dois corpos com bastante marcas de violência foram encontrados próximos a uma lagoa na manhã desta segunda-feira, dia 25.

João Evangelista Santos Marques Neto, 20 anos, e Leonardo Henry Francez, 17 anos. – Foto: Montagem a partir de fotosJoão Evangelista Santos Marques Neto, 20 anos, e Leonardo Henry Francez, 17 anos. – Foto: Montagem a partir de fotos

Leonardo Henry Francez, 17 anos, e João Evangelista Santos Marques Neto, 20 anos, teriam sido espancados até a morte. Estavam com marcas de espancamento, principalmente, nas costas.

Eles foram localizados em uma região do bairro Rainha, interior do município de Araquari na divisa com Balneário Barra do Sul.

Os Bombeiros Voluntários foram acionados por volta de 9h30 e, além deles, Polícia Militar, Polícia Civil e IGP (Instituto Geral de Perícias) estiveram no local.

Segundo o delegado Eliéser Bertinotti, que assumiu temporariamente a Delegacia de Araquari, aparentemente os rapazes morreram por espancamento, mas só o laudo irá confirmar a causa.

Investigação

A motivação do crime também não foi relevada pelo delegado. Somente a investigação, que já começou, irá elucidar o crime. O inquérito policial já foi aberto.

Uma das informações levantadas pela Polícia Civil é de que os pais de Leonardo Henry Francez estão presos por suposto envolvimento com tráfico de drogas.

Segundo parente de uma das vítimas que preferiu não se identificar, as famílias não têm condições de fazer velório. As famílias estavam se dirigindo para o Instituto Médico Legal de Joinville no início da noite desta segunda-feira.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...