Idosa falta em vacinação e polícia descobre que marido escondia corpo há 12 anos

Enfermeiras foram até a casa da mulher e marido alegou que ela estaria viajando; vizinhos ficaram surpresos em saber que morador era casado

Após idosa não comparecer à aplicação da primeira dose da vacina contra Covid-19, polícia escocesa encontrou o corpo da mulher dentro de casa. Segundo as autoridades, o marido pode ter escondido cadáver por até 12 anos. As informações são do UOL.

Idosa foi procurada para receber a primeira dose da vacina contra Covid-19 – Foto: Prefeitura de Joinville/DivulgaçãoIdosa foi procurada para receber a primeira dose da vacina contra Covid-19 – Foto: Prefeitura de Joinville/Divulgação

Enfermeiras foram visitar Christina Malley, que teria hoje por volta de 80 anos, para tomar o imunizante na cidade de Aberdeen, após ela faltar a vacinação e descobriram sua morte.

O marido Daniel Malley, de 78 anos, informou que a mulher estaria viajando, mas as profissionais não acreditaram na versão. Então, elas decidiram chamar a polícia.

As autoridades, em conversa com vizinhos, constataram que a mulher não era vista há anos. Inclusive, os moradores ficaram surpresos em saber que Daniel era casado. “Eu nunca o vi com uma esposa em todo o tempo que morei aqui”, disse um deles ao tabloide The Sun.

Uma busca pela casa revelou o corpo e testes confirmaram que se tratava  de Christina. Conforme afirmou um porta-voz da polícia ao o jornal local Evening Express “a morte está sendo tratada como inexplicável e as investigações estão em andamento”.

O paradeiro de Daniel ainda é desconhecido, porém a casa foi cercada com tapumes enquanto a polícia investiga. A última vez que Christina foi vista foi em 2009.

+

Polícia