Jovem de 24 anos do Oeste de SC está desaparecido há 10 dias

João Paulo Vieira foi visto pela última vez na segunda-feira, em Saltinho; polícia encontrou apenas chinelo do rapaz

O jovem de 24 anos João Paulo Vieira está desaparecido há 10 dias. A família do rapaz informou a Polícia Militar de Saltinho, no Extremo-Oeste de Santa Catarina. Foram realizadas buscas pela PM e Corpo de Bombeiros de Campo Erê perto da casa de João, no Centro de Saltinho.

João Paulo Vieira está desaparecido desde o dia 19 de abril quando foi visto pela última vez por um vizinho – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação NDJoão Paulo Vieira está desaparecido desde o dia 19 de abril quando foi visto pela última vez por um vizinho – Foto: Arquivo pessoal/Divulgação ND

Conforme o comandante da PM de Saltinho, sargento Alexandro Freitas da Silva, o jovem morava em outra cidade e havia retornado a Saltinho há cerca de 30 dias. Ele morava sozinho e, na casa, foram encontrados todos os pertences do jovem.

“Ele estava morando no interior do município com a mãe e o padrasto, e há pouco tempo tinha alugado uma casa no Centro. Ele foi visto por um vizinho na segunda-feira (19) correndo próximo ao córrego e, depois disso, não foi mais visto”, conta o sargento.

Chinelo

A PM fez rondas a cerca de 200 metros da casa do jovem, porém apenas um chinelo foi encontrado próximo do córrego. O Corpo de Bombeiros de Campo Erê foi acionado e também realizou buscas.

“Fizemos uma varredura do local onde ele foi visto pela última vez, mas não encontramos pegadas, nem algum sinal de fogueira, por isso as buscas continuam”, conta o cabo bombeiro Felipe Alberton.

Segundo Alberton, a equipe do canil dos bombeiros foi informada e deverá fazer outra busca próxima à casa em que o jovem morava.

De acordo com a PM, o jovem não possuía mandado de prisão, tampouco alguma desavença na cidade.

Quem tiver informações do paradeiro de João Paulo Vieira deve entrar em contato com a polícia pelo 190.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...