Jovem desaparecido em Guaramirim é encontrado morto

Giovane Ponciano, de 28 anos, estava desaparecido desde a madrugada do último domingo (24)

O jovem Giovane Ponciano, de 28 anos, que estava desaparecido desde a madrugada do último domingo (24), foi encontrado morto nesta quarta-feira, dia 27. O corpo foi localizado pelo Corpo de Bombeiros boiando no rio Itapocu, em Guaramirim, Norte de Santa Catarina.

Giovane Ponciano, de 28 anos, foi encontrado mortoGiovane Ponciano, de 28 anos, foi encontrado morto nesta quarta-feira, dia 27 – Foto: internet/Divulgação ND

Giovane Ponciano foi visto pela última vez na madrugada de domingo após ter alta do Hospital Santo Antônio. Ele teria tido um atrito com familiares na noite de sábado (23), batido a cabeça e, por isso, foi levado para a unidade de saúde.

O jovem morava com os pais no bairro Amizade e trabalhava em uma empresa de estamparia em Jaraguá do Sul.

“Ele ganhou alta à 0h50 de domingo, assinou um termo e saiu caminhando. Ele foi filmado por uma câmera no Centro, perto da rodoviária, à 1h06. Uma guarnição da Polícia Militar viu ele pulando a mureta da BR-280, na frente do posto Rudinick”, contou o irmão Jean.

Segundo familiares, Giovane não tinha histórico de problemas psicológicos e nunca havia desparecido.

A Polícia Civil agora investiga o caso. Eric Uratani, delegado de Guaramirim, aguarda o laudo para ter uma conclusão sobre a causa da morte.

“Quando do registro do desaparecimento, familiares disseram que ele estava alterado e teria batido a cabeça sozinho, não teria sido agredido. Teria batido a cabeça em uma prateleira”, revelou Eric Uratani.

O corpo de Giovane possuía lesões, continua o delegado, “mas é preciso exame para saber se ele foi agredido ou se as lesões foram essas informadas anteriormente.”

“Agora teremos que colher as demais informações, mas é imprescindível o exame cadavérico para termos qualquer posição sobre a causa da morte”, conclui o delegado Eric Uratani.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...