Jovem que andava de calcinha pelas ruas de Itajaí faz acompanhamento psicológico

Rapaz foi encaminhado ao Caps para internação e atendimento; família conta que ele sofreu agressões

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram um rapaz andando de calcinha pelas ruas de Itajaí. O jovem, de 23 anos, foi encaminhado ao Caps (Centro de Atenção Psicossocial), e está passando por acompanhamento psicológico.

CAPS AD. – Foto: Prefeitura de Itajaí/SECOM/DivulgaçãoCAPS AD. – Foto: Prefeitura de Itajaí/SECOM/Divulgação

De acordo com Fabiana Bini Tinti, gerente do Caps AD, ele passou por apenas uma consulta, o que ainda não é suficiente para um diagnóstico. Segundo ela, o rapaz também usa drogas, e Fabiana conta que isso pode também ser o causador do surto.

Agora, a gerente do Caps AD informou que ele deve passar por mais avaliações, a fim de chegar a um diagnóstico. Ele também está sendo acompanhado por psicólogos.

De acordo com uma prima, por circular apenas de roupas íntimas, ele chegou a sofrer agressões por outros moradores, mas agora está bem.

A família também esclarece que o rapaz não chegou a ser preso. De acordo com a PM (Polícia Militar), houve um chamado na tarde de sábado (17). Os policiais chegaram a ir ao local, na Rua Samuel Heusi, mas, quando chegaram, ele não estava mais lá.

Acesse e receba notícias de Itajaí e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Polícia