Jovem tem mãos decepadas com facão após tentar atirar em outro por ciúmes em Camboriú

Alvo dos disparos teria decepado as mãos do jovem com o intuito de se defender. Ele foi preso e o jovem que teve as mãos decepadas esta no hospital

Uma sequencia de crimes bárbaros motivado por ciúmes em Camboriú resultou em um jovem, de 22 anos, com as duas mãos decepadas. De acordo com a Polícia Militar, o homem já foi encontrado em atendimento pelo SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) com a mão direita decepada e a mão esquerda quase que completamente decepada.

O jovem relatou aos policiais que tentou atirar contra outro homem, de 21 anos, que estava caminhando pela rua Flamboyant, mas a arma falhou, foi quando a vítima derrubou a moto que ele estava batendo com outra moto e já saiu com um facão nas mãos, decapitando a mão direita e acertando outro golpe na mão esquerda.

Facão usado para decepar mãos de jovem em Camboriú foi preso pela Polícia Militar – Foto: PM/DivulgaçãoFacão usado para decepar mãos de jovem em Camboriú foi preso pela Polícia Militar – Foto: PM/Divulgação

Diante deste depoimento, os policiais foram até a casa do homem que deu os golpes com o facão, dando ordem de prisão e apreendendo o facão que ainda estava ensanguentado.

O homem então contou aos policiais a versão dele dos fatos, que o jovem que teve as mãos amputadas tentou lhe matar atirando com uma arma calibre .38 e só não conseguiu porque a arma falhou no momento do disparo.

Que em legitima defesa, o homem jogou a moto contra a do jovem com a arma, que ainda no chão o jovem tentou pegar a arma mais uma vez e atirar contra ele, foi quando ele acertou a mão direita com o intuito, segundo ele, de parar com as agressões.

Homem que decepou a mão de jovem esperou os policiais chegarem com a arma sobre a mesa – Foto: PM/DivulgaçãoHomem que decepou a mão de jovem esperou os policiais chegarem com a arma sobre a mesa – Foto: PM/Divulgação

Ainda de acordo com o relato do homem, mesmo com a mão direita decapitada, o jovem tentou alcançar a arma com a mão esquerda, foi então que ele acertou o facão na mão esquerda.

O homem então pegou a arma do outro que estava com as mãos amputadas e fugiu, segundo ele, para garantir a integridade física dele. Ele esperou a chegada dos policiais com a arma na mesa e pediu para que a esposa abrisse a porta para os policiais.

A Polícia Civil e o IGP (Instituto Geral de Perícias) foram acionadas para dar prosseguimento as investigações. O jovem que teve as mãos decepadas esta internado no hospital Ruth Cardoso em Balneário Camboriú, já o homem que arrancou as mãos do outro foi conduzido ao CPP (Central de Plantão Policial) de Itajaí.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Itajaí e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...