Jovens de 18 e 19 anos são indiciados por feminicídio após encontro por aplicativo em SC

Dois homens, em janeiro de 2022, tentaram matar uma mulher de 21 anos agredindo-a e ateando fogo em seu corpo, após encontro marcado por meio de aplicativo de relacionamento

As investigações que buscavam apurar a autoria do crime de feminicídio que chocou Santo Amaro da Imperatriz, na Grande Florianópolis, em janeiro deste ano, foi finalizada nesta quinta-feira (5) pela PCSC (Polícia Civil de Santa Catarina).

As informações da tentativa de morte apontam que os autores do crime, dois rapazes, um de 18 e outro de 19 anos, haviam marcado um encontro com a vítima, de 21 anos, por meio de um aplicativo de relacionamento.

Polícia Civil conclui investigações acerca de feminicídio em Santo Amaro da Imperatriz – Foto: PCSC/Divulgação/NDPolícia Civil conclui investigações acerca de feminicídio em Santo Amaro da Imperatriz – Foto: PCSC/Divulgação/ND

A vítima foi hospitalizada com cerca de 30% do corpo queimado. Ela foi transferida para o hospital de Porto Alegre, cidade onde mora. A mulher estava visitando seu pai, que mora em Santa Catarina.

De acordo com ela, os homens haviam prometido levá-la para Garopaba, quando começaram as agressões no meio do caminho.

A situação ocorreu próxima à Fazenda São Sebastião. Os homens foram identificados pela Polícia Civil, e são moradores de Santo Amaro da Imperatriz e Palhoça. Um deles já foi preso pelos policiais civis, enquanto o outro ainda está foragido.

Durante as buscas pelos suspeitos em suas casas, o pai de um deles foi preso em flagrante por tráfico de drogas. No local, foram apreendidas balanças de precisão, embalagens, caderno de anotações do tráfico e grande quantidade de cocaína para a venda.

Pai de um dos suspeitos foi preso por tráfico de drogas – Foto: Polícia Civil/Divulgação/NDPai de um dos suspeitos foi preso por tráfico de drogas – Foto: Polícia Civil/Divulgação/ND

Os policiais continuam as buscas pelo rapaz que ainda não foi localizado, mas o inquérito policial já foi finalizado e remetido ao juízo da comarca de Santo Amaro da Imperatriz.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...