Justiça condena 16 pessoas por tráfico de drogas após operação Peito de Aço

Operação iniciou ainda em fevereiro e desarticulou o grupo de criminosos que transportava droga escondida e distribuía para várias cidades de SC, PR e RS

A Justiça decretou a perda de cinco caminhões, três semirreboques e dois reboques após a desarticulação de uma operação que iniciou ainda em fevereiro deste ano. Trata-se da operação Peito de Aço, executada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) em várias cidades catarinenses e também nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Durante a operação, policiais descobriram fundos falsos em cargas onde a droga era escondida – Foto: GaecoDurante a operação, policiais descobriram fundos falsos em cargas onde a droga era escondida – Foto: Gaeco

Ao todo, 16 pessoas foram condenadas pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico, lavagem de dinheiro, coação no curso do processo e porte ilegal de arma de fogo.

O objetivo da operação foi desarticular uma organização criminosa especializada no transporte de drogas em fundos falsos de caminhões e junto às cargas. Durante a investigação, a polícia descobriu que a droga vinha de Ponta Porã (MS) e arredores e tinham como destino Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Cinco mandados de prisão preventiva foram cumpridos, além de nove mandados de prisão temporária e 21 mandados de busca e apreensão nas comarcas de São Miguel do Oeste, Descanso, Campos Novos, Catanduvas, Cunha Porã, Joaçaba e Rio do Campo, além das cidades do Paraná, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Na investigação foram apreendidos 1.519,4 quilos de maconha, cocaína e haxixe, totalizando cerca de R$ 1,5 milhão, além de uma arma de fogo no valor aproximado de R$ 20 mil.

As sentenças penais são passíveis de recurso.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...