Lázaro 2.0 se entrega à polícia após série de assassinatos em Goiás

Wanderson Mota recebeu o apelido pela semelhança dos crimes com Lázaro Barbosa, morto há cinco meses na mesma região

Após sete dias de força-tarefa, Wanderson Mota, conhecido como Novo Lázaro ou Lázaro 2.0, se entregou à polícia na manhã deste sábado (4). Ele era procurado pelo assassinato de três pessoas, entre elas a companheira grávida e a enteada, uma criança de 2 anos.

Lázaro 2.0 se entregou a polícia após sete dias de busca – Foto: DivulgaçãoLázaro 2.0 se entregou a polícia após sete dias de busca – Foto: Divulgação

A comparação com Lázaro Barbosa se dá pelo método dos crimes: após matar as vítimas em fazendas na área rural de Goiás, Wanderson, tal qual o criminoso morto há cinco meses, empenhou fuga e mobilizou dezenas de policiais desde o dia 28 de novembro.

Wanderson é suspeito de matar a companheira, grávida de quatro meses, a enteada de 2 anos e 9 meses e um fazendeiro que era vizinho dele, em Corumbá de Goiás. A polícia foi acionada depois que a esposa do fazendeiro, também vítima do suspeito, fingiu estar morta para escapar.

Além da série de homicídios recente, Wanderson já havia respondido pelo assassinato de um taxista em Minas Gerais e por uma tentativa de feminicídio contra uma ex-companheira, em Goiás.

Segundo o portal R7, o Novo Lázaro se entregou à polícia depois de entrar na casa de uma mulher em Gameleira, no interior de Goiás. A dona da residência teria o alimentado e convencido o suspeito a se entregar.

Ao ser questionado sobre por que decidiu se entregar, Wanderson não respondeu.

+

Polícia

Loading...