Líder de esquema de descaminho de vinhos é preso em Dionísio Cerqueira

A prisão preventiva foi cumprida nesta quarta-feira (10) pela Polícia Federal; suspeito já havia sido preso na Operação Alfa em 2020

A PF (Polícia Federal) prendeu preventivamente um dos líderes de um esquema de descaminho de vinhos que atuava na região da fronteira com a Argentina. O homem, que não teve a identidade revelada, foi preso  nesta quarta-feira (10), em Dionísio Cerqueira, no Extremo-Oeste de Santa Catarina. 

A prisão preventiva ocorreu em Dionísio Cerqueira. – Foto: Polícia Federal/Divulgação/NDA prisão preventiva ocorreu em Dionísio Cerqueira. – Foto: Polícia Federal/Divulgação/ND

De acordo com a PF, o mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Juízo Federal em Chapecó, no Oeste do Estado. O suspeito já havia sido preso no dia 14 de julho 2020 na Operação ALFA.

Associação criminosa

O suspeito já é denunciado pelo crime de associação criminosa, previsto no art. 288 do Código Penal. “Porém desde 03 agosto de 2020 estava em liberdade, sob a condição de cumprir medidas cautelares diversas da prisão”, informou a PF.

Em decorrência de fortes indícios de que, após ter sido colocado em liberdade, teria voltado a praticar o crime de descaminho de vinhos argentinos, foi decretada pelo Juízo a nova medida de prisão.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Polícia