Médico é indiciado por cobrar por serviços do SUS em Angelina

Profissional da saúde teria exigido pagamento por procedimentos a dois pacientes durante atendimento de emergência no plantão

Um médico que atua em um hospital no município de Angelina, na Grande Florianópolis, foi indiciado por cobrar por serviços custeados pelo SUS.

Médico é indiciado por cobrar por serviços do SUS em Angelina – Foto: Marcello Casal Jr./Agência BrasilMédico é indiciado por cobrar por serviços do SUS em Angelina – Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

A investigação foi concluída pela Polícia Civil que acusa o médico pela prática do crime de concussão. O ato se dá quando uma pessoa que tem ou vai assumir um cargo público, usa a posição para exigir, para si ou para outro, algum tipo de vantagem indevida.

O médico é suspeito de exigir pagamento por procedimentos a dois pacientes durante atendimento de emergência no plantão.

Segundo o delegado Arthur Lopes, os fatos ocorreram entre os anos de 2018 e 2019. A investigação foi iniciada após um dos casos ter sido comunicado à Secretaria Municipal de Saúde de Angelina, que percebeu as irregularidades.

Ainda de acordo com o delegado, os valores seriam cobrados por meio de anotações manuscritas pelo médico e entregues à enfermeira, em pequenos papéis, com a indicação do procedimento médico e do valor exigido, sem qualquer formalismo e sequer identificação do hospital e do médico.

Também foi identificado um segundo paciente que revelou ter passado pela mesma situação, com o mesmo médico. O inquérito policial foi concluído e remetido à Justiça.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...