Modelo da Vogue é acusada de matar marido a facadas após ser obrigada a cozinhar

A confusão começou depois que o marido da modelo levou para casa uma mulher que conheceu em um bar; os dois estavam juntos há quatro anos

Uma modelo russa foi acusada de esfaquear seu marido “abusivo” até a morte com uma faca de cozinha. De acordo com relatórios, os dois discutiam por ciúmes.

Modelo é acusada matar marido abusivo a facadas. A modelo chegou a chamar a ambulância – Foto: Irina Grishina/ReproduçãoModelo é acusada matar marido abusivo a facadas. A modelo chegou a chamar a ambulância – Foto: Irina Grishina/Reprodução

A confusão começou depois que o marido da modelo levou para casa uma mulher que conheceu em um bar e exigiu que Lilian cozinhasse para os dois. O casal estava junto há quatro anos.

Segundo jornais russos, o homem, que estava bêbado, puxou os cabelos e chutou as pernas da modelo, enquanto ela cortava os vegetais.

Após o acontecido, a própria modelo chamou a ambulância e o marido foi levado as pressas para o hospital, porém não resistiu. Ela confessou ter esfaqueado o marido.

Lilia Sudakova pode ser condenada a cumprir até 15 anos de prisão, se condenada.

A mãe da modelo se manifestou e informou a polícia que a filha era vítima de abuso doméstico há muito tempo. Testemunhas confirmaram que Lilia já tinha sido agredida pelo homem em outras ocasiões.

Lilia é uma modelo internacional e já fez trabalhos para a revista Vogue, além de aparecer em publicações no Japão, Itália e na China. As informações são da agência britânica, Dailymirror.

+

Polícia