Motorista é pego com 100 mil maços de cigarros, tenta fugir por mata e acaba preso em SC

Droga estava em um caminhão com placas falsas; apreensão ocorreu na noite desta quinta-feira (18) em Coronel Freitas, no Oeste do Estado

Um motorista foi preso em flagrante após ser pego com 100 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai. O flagra ocorreu na noite desta quinta-feira (17) na SC-157 no município de Coronel Freitas, no Oeste catarinense, em ação conjunta entre a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e a (PMRv/SC) Polícia Militar Rodoviária de SC.

100 mil maços de cigarro foram apreendidos. – Foto: PRF/Divulgação/ND100 mil maços de cigarro foram apreendidos. – Foto: PRF/Divulgação/ND

Conforme a PRF, a carga estava em um caminhão Mercedes Benz. O motorista não obedeceu a ordem de parada e fugiu por cerca de 10 quilômetros até ser abordado. Ele ainda tentou fugir a pé, se escondeu na mata, mas foi capturado.

O caminhão estava com placas falsas para tentar enganar a fiscalização. Dentro dele, oculto no painel, os policiais acharam um rádio comunicador para contato com outros envolvidos no crime.

O motorista foi preso e conduzido à Polícia Federal em Chapecó, onde responderá por contrabando e adulteração de sinal identificador de veículo. Os cigarros foram levados ao depósito da Receita Federal, em Joaçaba, para posterior destruição.

Assista:

Flagrante foi realizado em conjunto entre a PRF e a PMRv. – Vídeo: PRF/Divulgação/ND

Apreensão em Herval d’Oeste

Ainda nesta semana, na quarta-feira (16), um homem de 36 anos também foi detido ao ser flagrado com cerca de 100 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai escondidos em um caminhão-tanque. A apreensão da droga ocorreu na BR-282 em Herval d’Oeste, no Meio-Oeste de Santa Catarina.

Conforme informações da PMRv, o compartimento de carga estava lotado com aproximadamente 200 caixas da mercadoria contrabandeada. No painel da cabine também foi encontrado um rádio comunicador em funcionamento.

O motorista disse aos policiais que receberia pagamento para levar a mercadoria da divisa com o Paraná até o Meio-Oeste catarinense. Ele foi conduzido à Polícia Federal em Chapecó e responderá por contrabando.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...