Motorista encontrado morto no Rio Itajaí-Açu foi assassinado, aponta investigação

Segundo o delegado Rafael Lorencetti, da DIC de Itajaí, há indicativos de que ele tenha sido executado e o corpo abandonado no rio

As investigações da Polícia Civil de Itajaí indicam que o motorista de aplicativo Amailton José dos Santos, encontrado morto no Rio Itajaí-Açu no dia 23 de agosto, foi assassinado.

Segundo o delegado Rafael Lorencetti, da DIC (Divisão de Investigação Criminal) de Itajaí, há indicativos de que ele tenha sido executado e o corpo abandonado no rio.

Ainda não foi apontada a causa da morte do motorista Amailton José dos Santos – Foto: Divulgação/ND

Ainda não foi apontada a causa da morte do motorista, de 44 anos. O corpo foi encontrado amarrado boiando no rio, no bairro Espinheiros, em Itajaí.

Amailton morava em Brusque e havia saído para trabalhar no dia 13 de agosto. Segundo o irmão, Marcelo dos Santos, ele enviou uma mensagem por volta de 14h, avisando que iria até Blumenau, onde dormiria, e no dia seguinte faria uma entrega em Florianópolis, e voltaria para casa.

O carro do motorista foi encontrado abandonado em frente a um supermercado em Brusque, na tarde de sábado (15).

Todos os pertences dele haviam sido levados. Depois de encontrar o carro, Marcelo registrou o boletim de ocorrência do desaparecimento.

O irmão conta que Amailton estava morando na cidade há quase um ano e que estava trabalhando para guardar dinheiro e retornar para a Bahia, onde tem uma filha de 19 anos.

+

Polícia