Motorista que arremessou PM após atropelamento é preso em Florianópolis

Segundo informações da 4° Delegacia de Polícia da Capital, o homem tinha, de fato, a intenção de matar o policial militar

Foi preso, nesta sexta-feira (24), o motorista responsável por atropelar um policial militar na região Continental de Florianópolis na manhã da última segunda-feira (20).

Abordado sentado em frente de um prédio, conforme informações do delegado Paulo Hakim, da 4° Delegacia de Polícia da Capital, o homem de 64 anos, que dirigia um Chevrolet Ágile no momento do crime, não resistiu à prisão.

Após ser atropelado, o policial foi arremessado por cerca de cinco metros de distância, por conta da força do impacto – Foto: GMF/Reprodução/NDApós ser atropelado, o policial foi arremessado por cerca de cinco metros de distância, por conta da força do impacto – Foto: GMF/Reprodução/ND

Após o acidente, um inquérito policial foi aberto para apurar as circunstância do crime. Durante as investigações da Polícia Civil, os policiais comprovaram que o motorista agiu com intenção de matar o policial militar.

Além disso, o homem também tinha como objetivo pegar a arma do policial acidentado, para matar os outros policiais militares presentes no local. Desde então, o responsável pelo crime estava escondido em um hotel de Florianópolis, informou o delegado.

Após descobrirem seu paradeiro, os policiais civis o prenderam temporariamente – por 30 dias – na área central da Capital. O motorista será indiciado pela prática de crime de homicídio doloso triplamente qualificado.

A medida foi aceita pela Vara do Tribunal do Júri, após manifestação favorável do Ministério Público. A Polícia Civil confirmou também que, devido à dúvidas acerca da saúde mental do homem, será apresentado ao Juiz Criminal uma instauração de incidente movido por insanidade mental.

Estado de saúde do policial militar

Após ter sido arremessado a cerca de cinco metros depois de ser atropelado, o sargento da PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina), Jamir Gonzaga Rachadel, segundo nota emitida pela PM, estava estável e em observação no Hospital Celso Ramos.

No acidente, o sargento fraturou cinco costelas e sofreu lesão séria no braço direito. A realização de uma tomografia e um raio X não identificaram  “problemas mais graves na cabeça”.

Vídeo flagrou o momento que policial foi atingido

Prestando serviço no 22º BPM, no Continente, o policial militar estava caminhando na calçada quando foi arremessado a cerca de 5 metros de distância.

As imagens capturadas mostram o momento em que ele foi jogado contra a fachada de vidro de um estabelecimento do bairro Estreito, que ficou destruída.

Fachada destruída após PM ser arremessado – Foto: GMF/Divulgação/NDFachada destruída após PM ser arremessado – Foto: GMF/Divulgação/ND

No vídeo, é possível ver que o carro vai perdendo o controle e dobrando lentamente em direção ao policial. Assim que o carro encosta em Jamir, o corpo é levantado e acerta o vidro da fachada. Em seguida, o veículo quase tomba e vai para trás. Moradores rapidamente verificaram o estado da vítima.

Momento em que o policial militar é atropelado em Florianópolis – Vídeo: GMF/Divulgação/ND

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...