Motorista que provocou acidente com mortes em Gaspar vai responder em liberdade

O homem estava bêbado e chegou a fugir sem prestar socorro, mas foi localizado logo depois pela polícia

O motorista que provocou um acidente com duas mortes em Gaspar, no Vale do Itajaí, vai responder por duplo homicídio em liberdade. O acidente ocorreu na noite de domingo (29) na BR-470. O homem de 25 anos foi preso em flagrante, mas solto no início da noite desta segunda-feira (30) após análise do Poder Judiciário.

Imagem desfocada de um casal chegando à delegacia. No fundo aparece uma viatura da polícia rodoviária federal e dois agentes.Motorista é solto após causar acidente com duas mortes em Gaspar – Foto: Jefferson Dos Santos /Mesoregional

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o homem de 25 anos dirigia um Corsa Wind com placas de Itajaí. Ele trafegava sentido litoral quando invadiu a pista contrária e bateu de frente em uma caminhonete L200 Triton, de Otacílio Costa. O veículo atingido caiu numa ribanceira e o motorista e a passageira faleceram no local.

O condutor do Corsa abandonou o carro após a colisão e fugiu a pé sem prestar socorro às vítimas. Ele foi localizado depois pelas autoridades e detido na Central de Polícia de Blumenau até a Justiça analisar o termo de prisão em flagrante. O teste do bafômetro apontou 0,87 miligramas de álcool por litro de sangue.

Segundo o delegado de plantão, Filipe Martins, o homem vai responder por duplo homicídio culposo na direção de veículo automotor e por embriaguez ao volante. Ele explica que a prisão preventiva do motorista não foi solicitada por ausência dos critérios exigidos por lei, pois não apresenta risco de fuga e não tem antecedentes criminais, por exemplo.

O juiz Rafael de Araújo Rios Schmitt, titular da Vara Criminal de Gaspar, determinou que o homem não pode mudar de endereço sem informar ao juízo e fica proibido de deixar a cidade onde reside, em Navegantes, por mais de 15 dias sem autorização. Também foi suspenso o direito de o homem dirigir e ele deverá usar tornozeleira eletrônica.

A mulher que estava no veículo Corsa Wind com o motorista bêbado foi atuada pelo crime de omissão de socorro e liberada na Central de Polícia após o depoimento, ainda no domingo (29). As investigações ainda não foram concluídas.

As vítimas

O motorista da camionete foi identificado como Gerson Luiz Moraes, de 48 anos, e a passageira, Maria Lúcia Corrêa Moraes, de 40 anos. Ambos foram encontrados pelos socorristas presos às ferragens e sem vida.

No veículo estavam ainda uma mulher de 38 anos e duas crianças, de 9 e 7 anos. Todas estavam foram fora do veículo, andando e orientadas quando os bombeiros chegaram na ocorrência.

Elas conseguiram sair do carro e foram andando até a rodovia, onde buscaram socorro em uma casa próxima. Foram atendidas pelo Samu e encaminhadas ao pronto-socorro do Hospital de Gaspar.

A mulher que estava no banco traseiro é irmã de Maria Lúcia e mãe de uma das crianças. A outra criança que sobreviveu ao acidente é filha do casal que perdeu a vida.

Gerson e Maria são as vítimas fatais do acidente provocado pelo motorista bêbado – Foto: Reprodução/FacebookGerson e Maria são as vítimas fatais do acidente provocado pelo motorista bêbado – Foto: Reprodução/Facebook

Acesse e receba notícias de Blumenau e região pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Polícia