Mulher é encontrada morta em casa incendiada em Joinville e polícia investiga feminicídio

Vizinhos relataram que ouviram brigas entre a vítima e o companheiro e que ele teria saído da casa pouco antes de o fogo começar

O corpo de uma mulher de 20 anos foi encontrado dentro de uma casa em chamas em Joinville, no Norte de Santa Catarina, na noite de segunda-feira (16). A suspeita é de que o companheiro dela tenha iniciado o incêndio.

Incêndio ocorreu por volta de 20h30, no bairro Jardim Sofia – Foto: Ricardo Alves/NDTVIncêndio ocorreu por volta de 20h30, no bairro Jardim Sofia – Foto: Ricardo Alves/NDTV

O Corpo de Bombeiros Voluntários foi acionado por volta de 20h30 para atender a ocorrência em uma residência no bairro Jardim Sofia, na zona Norte da cidade.

No local, sabendo que havia uma vítima em casa, os moradores da região tentavam apagar o fogo com baldes de água após arrombarem a janela para combater as chamas.

Mulher foi encontrada morta dentro da casa – Vídeo: Ricardo Alves/NDTV

Embora a perda do imóvel tenha sido parcial, segundo os bombeiros, foi o suficiente para deixar uma vítima fatal. A mulher estava sobre uma cama, com as pernas para baixo, e apresentava um ferimento na cabeça, além da parte superior do corpo carbonizada. Havia marcas de sangue no local.

Parte da casa ficou destruída pelo incêndio – Foto: PM/DivulgaçãoParte da casa ficou destruída pelo incêndio – Foto: PM/Divulgação

Testemunhas informaram que o casal morava na casa há cerca de dez dias e que ouviram muitas brigas no final de semana e, inclusive, na noite de segunda-feira, antes do incêndio.

Moradores viram quando, por volta de 20h, um motociclista deixou a residência. Logo depois, escutaram ruídos de materiais queimando e perceberam fumaça no local, acionando os bombeiros.

As polícias Militar, Civil e Científica estiveram na ocorrência. “As investigações ainda estão em fase inicial, mas ao que tudo indica ocorreu crime de feminicídio”, diz o delegado Murilo Batalha.

Segundo ele, a suspeita é de que a vítima já estivesse desacordada quando o incêndio começou. No entanto, a confirmação ainda depende de perícia. A investigação deve ficar sob a responsabilidade da Delegacia de Homicídios.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Joinville e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Polícia

Loading...