Mulher grávida e marido de Criciúma são mortos a tiros no RS

Itiara Hepp da Rosa Araujo, agente socioeducativa, e Guilherme Gomes Raya foram alvejados dentro de um carro, em Porto Alegre; caso é investigado pela polícia

Uma mulher grávida e o marido foram mortos a tiros dentro de um carro na noite do último domingo (22), em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. O casal vivia em Criciúma, no Sul de Santa Catarina.

Itiara Hepp da Rosa Araujo, de 36 anos, trabalhava como agente de segurança socioeducativa no Case (Centro de Atendimento Socieducativo) de Criciúma, e estava grávida. O bebê também não resistiu.

Itiara Hepp de Rosa Araújo e o marido Guilherme Gomes Raya foram mortos a tiros em Porto Alegre – Foto: Reprodução/Facebook/SAP-SCItiara Hepp de Rosa Araújo e o marido Guilherme Gomes Raya foram mortos a tiros em Porto Alegre – Foto: Reprodução/Facebook/SAP-SC

O marido, identificado como Guilherme Gomes Raya, de 27 anos, estava presente no momento e foi mais uma vítima dos disparos.

A SAP (Secretaria da Administração Prisional e Socioeducativa) de Santa Catarina lamentou o falecimento da servidora nas redes sociais.

O crime ocorreu enquanto as vítimas estavam no carro estacionado na Zona Norte da Capital gaúcha. As circunstâncias e motivações do crime estão sendo investigadas pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul.

+

Polícia