Mulher troca mensagens de teor sexual durante assassinato do namorado na Inglaterra

Em quatro anos de namoro, Charlotte Dootson foi acusada de violência doméstica por 12 vezes antes do assassinato

Uma mulher, de 25 anos, foi condenada à prisão perpétua pelo assassinato do ex-namorado com amarrações e estrangulamento. Como informado pela Justiça de Manchester, na Inglaterra, Charlotte Dootson praticou o crime enquanto trocava mensagens de teor sexual com o amante.

Assassinato aconteceu em 2021 e Charlotte já era acusada de violência doméstica contra a vítima – Foto: Reprodução/InternetAssassinato aconteceu em 2021 e Charlotte já era acusada de violência doméstica contra a vítima – Foto: Reprodução/Internet

Charlotte terá que ficar por 22 anos na prisão antes de poder chegar à liberdade condicional. A vítima, seu ex-namorado, era Mohammed Mukhtar, de 53 anos. A polícia encontrou-o amarrado pelos pés, mãos e pescoço após receber um alerta em 30 de agosto de 2021.

No período do assassinato, a mulher era investigada por estrangular o namorado. Entre maio de 2018 e julho de 2021, Charlotte foi acusada 12 vezes de violência doméstica, sendo presa em três desses momentos. Mohammed decidiu não denunciar a namorada na época.

“Cada um de nós está atormentado com o pensamento do que Amin sofreu nos momentos finais antes de sua morte. Foi pura maldade e insensibilidade. Amin era um cara tímido, ele era muito quieto e gentil. Ele não machucaria ninguém e não merecia o que você fez com ele”, disse irmã da vítima, Fozia, durante audiência por vídeoconferência.

Charlotte sorriu e levantou os dedos em direção à tela onde Fozia estava. As informações são do EXTRA, retiradas do portal estrangeiro Metro.

+

Polícia

Loading...