Negacionista mata irmão porque aplicava vacina contra Covid-19

Crime aconteceu nos Estados Unidos. Jeffrey Burnham é conhecido por ser negacionista, ao contrário do irmão assassinado

Negacionista crítico da vacinação contra a Covid-19, Jeffrey Burnham, morador de Maryland, nos Estados Unidos, matou o próprio irmão, Bryan Burnham. A polícia local afirma que ele mesmo se incriminou, após diálogo com um conhecido. Segundo testemunhas, Jeffrey é contra a vacinação contra Covid-19, e não se conformava com seu irmão, que era enfermeiro e trabalhava na campanha de imunização.

Jeffrey, à esquerda, a cunhada e o irmão: crime bárbaro – Foto: ReproduçãoJeffrey, à esquerda, a cunhada e o irmão: crime bárbaro – Foto: Reprodução

Mas Jeffrey não matou apenas seu irmão. Ele responderá por triplo homicídio, pois também foram encontradas mortas sua cunhada e uma idosa, que seria vizinha do irmão. O assassino mora em Cumberland, Maryland, cerca de 160km de onde os crimes aconteceram.

Até então, o crime era um mistério. Os corpos das vítimas Brian Robunette, de 58 anos, e Kelly Sue Robinette, de 57 anos, foram encontrados no dia 30 de setembro. A terceira vítima era Rebecca Reynolds, de 83 anos.

Após a barbárie, Jeffrey pegou o carro do irmão, mas teve que parar próximo à casa de um morador, onde pediu gasolina. Foi nessa ocasião que ele disse que Brian estava “matando pessoas com as aplicações de vacina contra covid”. Foi o morador quem acionou a polícia.

+

Polícia

Loading...