Operação da polícia investiga possíveis fraudes em licitações no Oeste de SC

Segundo a polícia, empresas estariam acordando entre si quais os valores das propostas e quem seriam os vencedores das licitações

A Polícia Civil de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, deflagrou a operação nesta manhã de terça-feira (6) denominada ‘NL2’. O objetivo é investigar possíveis fraudes em licitações ocorridas na região. Ao todo, cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos em três cidades: Xanxerê, Bom Jesus e Águas Frias.

Polícia Civil cumpre cinco mandados de busca e apreensão em três cidades do Oeste de Santa Catarina – Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoPolícia Civil cumpre cinco mandados de busca e apreensão em três cidades do Oeste de Santa Catarina – Foto: Polícia Civil/Divulgação

De acordo com o delegado da 5ª Delegacia de Polícia Especializada no Combate à Corrupção, Bruno D’Lélis, a investigação de 10 meses apura possíveis fraudes praticadas nos anos de 2019 e 2020 por empresas que participaram de pregões públicos no fornecimento de nitrogênio líquido (NL2).

“Essas empresas, ao que parece, estariam acordando entre si quais seriam os valores das propostas e, consequentemente, quem seriam os vencedores de pregões públicos aqui na região, o que caracterizaria crime de fraude em licitação, uma vez que traria sérios prejuízos ao caráter competitivo da disputa”, explica o delegado.

Operação nomeada como ‘NL2’ foi realizada nesta manhã de terça-feira (6) – Foto: Polícia Civil/DivulgaçãoOperação nomeada como ‘NL2’ foi realizada nesta manhã de terça-feira (6) – Foto: Polícia Civil/Divulgação

O nitrogênio líquido é usado em inseminações artificiais de bovinos. A operação contou com apoio das delegacias de Águas Frias, Bom Jesus, DIC Chapecó, Delegacia de Roubos e Furtos de Chapecó, 1ª e 3ª Delegacias de Polícia de Fronteira de Chapecó e 12ª Delegacia Regional de Chapecó.

As investigações seguem visando obter outros elementos que possam ajudar na conclusão dos fatos.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Chapecó e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Polícia