Operação policial desarticula laboratório de produção de ecstasy em Santa Catarina

Pelo menos cinco pessoas foram presas; mandados judiciais são cumpridos em Camboriú, Balneário Camboriú, Joinville, Rio dos Cedros e Anitápolis

A Polícia Federal e a Polícia Civil de Santa Catarina realizam nesta quarta-feira (27) uma grande operação policial para desarticular uma organização criminosa que mantinha um laboratório destinado à produção e distribuição de ecstasy no Estado. A ação conta com o apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Laboratório para produção e distribuição de droga sintética foi fechado em Rio dos Cedros – Polícia Federal/ Divulgação/ NDLaboratório para produção e distribuição de droga sintética foi fechado em Rio dos Cedros – Polícia Federal/ Divulgação/ ND

De acordo com a PF, a Operação Psy Trance, como foi denominada, conta com a participação de 50 policiais para o cumprimento de 15 mandados de busca e apreensão em Camboriú, Balneário Camboriú, Joinville, Rio dos Cedros e Anitápolis.

Além de um laboratório de produção da droga, fechado em Rio dos Cedros, uma empresa que atua com produtos químicos em Joinville também é alvo da investigação. Dados preliminares apontam que esta operação pode ser a maior em volume de apreenssão de droga sintética pela PF já realizada no país.

Já na noite desta terça-feira (26) , uma equipe composta pelas forças policiais e com o apoio da PRF prendeu em flagrante cinco pessoas, sendo duas as principais integrantes da organização, com grande quantidade de esctasy. Ainda durante a noite, a polícia localizou o laboratório fechado em Rio dos Cedros.

Durante a manhã desta quarta, a operação ainda estava em andamento, com ações em empresas que supostamente forneciam insumos à organização e em estabelecimentos comerciais que lavavam dinheiro proveniente do tráfico de drogas.

Os investigados deverão responder por tráfico e associação ao tráfico de drogas.

+

Polícia

Loading...