Ossada humana encontrada em Chapecó ainda é mistério

Investigação foi concluída nesta quarta-feira (9) e laudo apontou que se tratava de um homem de aproximadamente 48 anos, mas sem identificação

Pouco mais de um ano após um morador da linha São Pedro, no interior de Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, encontrar uma ossada humana, a Polícia Civil de Chapecó concluiu a investigação na tarde desta quarta-feira (9). 

Ossada humana foi encontrada em agosto de 2019. – Foto: Polícia Civil/ND

A investigação, feita por meio da DIC (Divisão de Investigação Criminal), apontou em laudo pericial, elaborado pelo IML (Instituto Médico Legal) que se tratava de um homem de aproximadamente 48 anos, com intervalo etário provável entre 38 a 58 anos. 

O homem possuía histórico médico de fratura na tíbia esquerda e no nariz. Conforme a DIC, diante das circunstâncias, não foi possível precisar a causa e a data da morte. 

O crânio foi encontrado no dia 7 de agosto de 2019 no terreno de uma residência, após ser levado ao local, possivelmente, por cachorros. Após buscas, outros ossos foram encontrados, completando o esqueleto humano. Também foram encontradas peças de roupas já deterioradas. 

De acordo com o delegado da DIC, Vagner Papini, para identificar a vítima, foram realizadas pesquisas em banco de dados à procura de pessoas desaparecidas na região na época. Em contato com familiares, a grande maioria dos desaparecidos já havia sido encontrada e não foi constatada ligação com a ossada encontrada. 

Pessoas foram submetidas à comparação genética, mas o resultado foi improcedente. Outras forças de segurança pública atuaram em conjunto para a obtenção de informações que levassem à identidade da ossada. 

Após todas as diligências possíveis, a identidade da vítima não foi descoberta. O inquérito policial foi concluído pela DIC e encaminhado ao Poder Judiciário para ciência do Ministério Público. 

Em caso de novas informações, a investigação poderá ser reaberta.

Arcada dentária também foi encontrada. – Foto: Polícia Civil/ND

+

Polícia